Aplicações do óleo resina de Copaifera l. Na medicina popular: uma prospecção tecnológica

Authors

  • Ricardo Barbosa de Sousa Universidade Federal do Piauí
  • Rogério Almiro Oliveira Silva Universidade Federal do Piauí
  • Lana Grasiela Alves Marques Universidade Federal do Ceará
  • Levy Silva Morais Universidade Federal do Ceará
  • Maria Rita de Morais Chaves Santos Universidade Federal do Piauí
  • Cláudia do Ó Pessoa Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.47059/geintecmagazine.v3i1.98

Abstract

O uso do princípio ativo de plantas na medicina popular é amplamente difundido no Brasil, como alternativa para o tratamento de moléstias diversas, sendo que diversas indicações já foram corroboradas pela comunidade científica. É sabido que o gênero Copaifera L. é extensivamente utilizado no Brasil no tratamento de diversas enfermidades por suas propriedades anti-inflamatórias, antimicrobianas, ação cicatrizante, potencial antisséptico, entre outras. A presente prospecção foi realizada através de buscas às bases de patentes INPI, EPO e USPTO e na base de periódicos Web of Science. O maior número de patentes relacionadas à aplicação de Copaifera L. concentra-se na área de processos com 144 patentes. A pesquisa envolvendo o gênero para fins medicinais, terapêuticos e farmacêuticos soma 90 patentes, sendo A61K a classificação de patentes mais recorrente. O Brasil detém o maior número de artigos científicos envolvendo Copaifera L., enquanto os Estados Unidos se sobressaem na proteção desta pesquisa. De modo geral, a prospecção mostra que a perspectiva de aplicação tecnológica de plantas do gênero Copaifera L. na medicina alternativa é promissora. Palavras-chave: Copaifera L., Prospecção, Medicina Popular.

Published

2013-03-21

Issue

Section

Articles