Prospecção tecnológica: processo de liofilização na indústria de alimentos

Authors

  • Antonio Martins de Oliveira Junior Universidade Federal de Sergipe
  • Gardenia Rocha Oliveira Universidade Federal de Sergipe
  • Jéssica Teles Siqueira Santos Universidade Federal de Sergipe
  • Ananda Fontes Pinheiro Campos Universidade Federal de Sergipe
  • Tatiana Pacheco Nunes Universidade Federal de Sergipe
  • Suzana Leitão Russo Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.47059/geintecmagazine.v3i1.90

Abstract

O processo de liofilização ou secagem pelo frio “freeze drying” ou “lyophilization”, apresenta uma série de vantagens quanto à manutenção das características originais dos produtos, pelo fato de não submetê-lo a elevadas temperaturas conforme outros processos de desidratação. Preservação do sabor e aroma, aumento da estabilidade através da diminuição da atividade de água, que minimiza a deterioração do alimento durante o armazenamento, são vantagens deste processo. A aplicação da liofilização em produtos alimentícios ainda é cara, sendo empregada com maior frequência, na fabricação de produtos nobres que necessitam de reidratação rápida e completa. O objetivo deste trabalho foi avaliar as perspectivas e a evolução das competências tecnológicas traduzidas através dos depósitos de patentes referentes à aplicação da liofilização na indústria alimentícia, bem como mapear as pesquisas desenvolvidas. A prospecção foi realizada no Banco Europeu de Patente, no Banco de Dados do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual do Brasil, no Banco da Organização Mundial de Propriedade Intelectual e no Banco Americano de Marcas e Patentes. A classificação internacional mais frequente nessa prospecção foi Subseção A23 e principalmente na Subclasse A23L. Com a palavra chave freeze-drying e CIP A23L a República da Coreia, apresentou-se como o maior depositante. Os dados permitem concluir que se trata de uma área promissora, com crescimento de patentes depositadas.

Author Biographies

Gardenia Rocha Oliveira, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Tecnologia de Alimentos

Jéssica Teles Siqueira Santos, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Tecnologia de Alimentos

Ananda Fontes Pinheiro Campos, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Tecnologia de Alimentos

Tatiana Pacheco Nunes, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Tecnologia de Alimentos

Suzana Leitão Russo, Universidade Federal de Sergipe

Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectual

Published

2013-03-16

Issue

Section

Articles