Prospecção tecnológica de fotoprotetores derivados de produtos naturais

Authors

  • Jackson Roberto Guedes da Silva Almeida Universidade Federal do Vale do São Francisco Mestrado em Recursos Naturais do Semiárido Campus Universitário Av. José de Sá Maniçoba, s/n CEP: 56.304-205 Centro Petrolina-PE
  • Raimundo Gonçalves de Oliveira-Júnior Universidade Federal do Vale do São Francisco Campus Universitário Av. José de Sá Maniçoba, s/n CEP: 56.304-205 Centro Petrolina-PE

DOI:

https://doi.org/10.47059/geintecmagazine.v3i1.85

Abstract

A radiação ultravioleta é responsável por causar danos cumulativos à pele podendo evoluir para patologias mais severas como, por exemplo, o câncer de pele. A utilização de fotoprotetores é uma alternativa para prevenir essas doenças. Atualmente, os fotoprotetores vêm sendo desenvolvidos a partir de produtos de origem vegetal, com boa aceitação popular. O objetivo deste estudo foi realizar uma prospecção tecnológica de fotoprotetores derivados de produtos naturais, analisando a participação do país nos depósitos de pedido de patente em bases nacionais e internacionais até o momento. Para isso, a prospecção foi realizada no Banco Europeu de Patentes, no banco da Organização Mundial de Propriedade Intelectual, no Banco Americano de Marcas e Patentes e no banco de dados do Instituto Nacional de Propriedade Industrial do Brasil. A classificação internacional mais abundante nessa prospecção foi A61K. O maior número de patentes foi depositado nos últimos 10 anos. Dentre os maiores depositários, estão China, Estados Unidos, Japão e República da Coréia.

Author Biographies

Jackson Roberto Guedes da Silva Almeida, Universidade Federal do Vale do São Francisco Mestrado em Recursos Naturais do Semiárido Campus Universitário Av. José de Sá Maniçoba, s/n CEP: 56.304-205 Centro Petrolina-PE

É graduado em Farmácia pela Universidade Federal da Paraíba (2001) e possui Mestrado e Doutorado em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos pelo Programa de Pós-Graduação em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos do Laboratório de Tecnologia Farmacêutica da Universidade Federal da Paraíba (2006). Atualmente é professor adjunto do Curso de Ciências Farmacêuticas da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), onde coordena projetos de pesquisa e extensão na área de plantas medicinais.

Raimundo Gonçalves de Oliveira-Júnior, Universidade Federal do Vale do São Francisco Campus Universitário Av. José de Sá Maniçoba, s/n CEP: 56.304-205 Centro Petrolina-PE

Estudante de Graduação em Ciências Farmacêuticas da UNIVASF, bolsista de iniciação tecnológica do CNPq.

Published

2013-03-16

Issue

Section

Articles