Estudo do risco de degradação ambiental em rios mediante a aplicação de um modelo matemático Fuzzy de dbo/od, considerando diferentes fontes de lançamento de efluentes

Authors

  • Ada Amelia Lopes Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira Instituto de Engenharia e Desenvolvimento Sustentável.
  • Silvia Helena Lima dos Santos
  • Maria Alexsandra de Sousa Rios
  • Raimundo Oliveira de Souza

DOI:

https://doi.org/10.7198/geintec.v6i2.767

Abstract

Com base no fenômeno de transferência de massa, a lógica fuzzy desenvolvida no presente estudo estabeleceu relações entre a Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO) e o Oxigênio Dissolvido (OD), para diferentes lançamentos. A aplicação da lógica fuzzy neste cenário, permitiu que as incertezas das variáveis envolvidas no processo, especificamente na solução da equação de advecção, fossem avaliadas e o risco de contaminação de um sistema hídrico diante dos lançamentos de poluentes pudesse ser investigado. No desenvolvimento da lógica fuzzy,  os parâmetros de DBO/OD foram convertidos em um conjunto de equações diferenciais e representados como funçõe de pertinência. Para execução das simulações da qualidade da água, os autores utilizaram um programa computacional codificado em linguagem FORTRAN. De acordo com os resultados, concluiu-se que a combinação da Teoria do Transporte de Massa e a da Lógica fuzzy pode ser uma importante ferramenta para a avaliação da Análise de Risco em sistemas hídricos, contribuindo sobremaneira para o monitoramento de temáticas prioritárias da Engenharia Ambiental.


 

Author Biography

Ada Amelia Lopes, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira Instituto de Engenharia e Desenvolvimento Sustentável.

Departamento de Engenharia Civil - Recursos Hídricos.

References

CHAGAS, P.F. Perspectivas da aplicação da teoria fuzzy para cálculo de risco em sistemas hidrodinâmicos. 2005. 204f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza.

CHAPRA, S.C.; In: Surface Water Quality Modeling. McGraw-Hill, New York, 1997.

DUBOIS, D.,PRADE, H., An introduction to fuzzy systems. Clinica Chimica Acta. 270, 3-29, 1998.

GANOULIS, J.G. Engineering risk analysis of water pollution. Probabilities and fuzzy sets. VCH publishers Inc. Weinheim; New York; Basel; Tokyo, 1994.

JAMES, A. Introduction to water quality modeling, 2.ed. By John Wiley & Sons, 1993.

LIMA, C.A.A. O uso do modelo QUAL2E na simulação das qualidades das águas do Rio Jacaré-Guaçu. 1997. 168f. Dissertação (Mestrado em Escola de Engenharia de São Carlos). Universidade de São Paulo. São Carlos, São Paulo.

LOPES, A.A.S. Desenvolvimento de uma metodologia com base na teoria fuzzy aplicada a modelos de oxigênio dissolvido (OD) para calcular o risco de degradação ambiental em rios naturais. 2009. 187f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza.

MEINTYRE, N.R.; WHEATER, H.S. A tool for risk based management of surface water quality. Environmental Modeling & Software. (19), 1131-1140, 2004.

MEYBECK, M. River water quality global ranges, time and space variabilities, proposal for some redefinitions. Verh. Internat. Verein. 26, 1996.

MPIMPAS, H., ANAGNOSTOPOULOS, P., GANOULIS, J., Modeling of water pollution the Thermaikos Gulf with fuzzy parameters. Ecological Modelling. 142, 91-104, 2001.

SERGUIEVA, A.; HUNTER, J.; Fuzzy Interval Methods in Investment Risk Appraisal. Fuzzy Sets and Systems, 142, 443–466, 2003.

VANROLLEGHEM, P.A.; BENEDETTI, L.; MEIRLAEN, J. Modelling and real-time control of the integrated urban wastewater system. Environmental Modeling & Software. 20, 427-442, 2005.

Published

2016-06-14

Issue

Section

Innovative science and technology