Análise e desenvolvimento de sorvete a base de proteína

Authors

  • Isabela Maria Reck Universidade Estadual de Maringa
  • Sarah Alves Gazeloto Universidade Estadual de Maringá – UEM – Maringá/PR – Brasil
  • Robson Camillo de Souza Junior Universidade Estadual de Maringá – UEM – Maringá/PR – Brasil
  • Adriana Vieira dos Santos Universidade Estadual de Maringá – UEM – Maringá/PR – Brasil
  • Marcela Tiemi Nakayama Henschel Universidade Estadual de Maringá – UEM – Maringá/PR – Brasil
  • Grasiele Scaramal Madrona Universidade Estadual de Maringá – UEM – Maringá/PR – Brasil

DOI:

https://doi.org/10.7198/geintec.v6i1.692

Abstract

A preocupação com a saúde elevou a demanda por produtos naturais e saudáveis, assim, elevando o rendimento físicos de atletas e não atletas, levou ao aumento do consumo de suplementos que potencializam esse efeito. O sorvete é um produto que agrada aos mais variados paladares e as proteínas contribuem para o desenvolvimento da estrutura do sorvete. As proteínas auxiliam na manutenção do músculo e outros tecidos e pode ser utilizada como substituto de gorduras na formulação. O trabalho teve como objetivo desenvolver um sorvete proteico e utilizar a proteína do soro de leite como um substituto de gordura e obter um produto com baixo teor de gordura. Antes do desenvolvimento do produto foi realizada uma pesquisa de mercado para identificar as preferências e exigências dos consumidores. Obtiveram-se duas formulações, uma com 6 g proteína e outra com 8 g por porção de 60 g de sorvete, escolhas estas feitas a partir da alteração mínima do sabor agradável do sorvete. Realizou-se uma análise sensorial dos dois sorvetes para avaliar a aceitação do público. Pode-se concluir que, ao aumentar a quantidade de proteína do produto e reduzir a quantidade de gorduras, o sorvete foi aprovado pelos consumidores, tornando-se viável a sua comercialização.

 

Author Biography

Isabela Maria Reck, Universidade Estadual de Maringa

Engenharia de Alimentos, Ciência e Tecnologia de Alimentos

References

ANVISA. Consulta Pública nº 28, de 01 de junho de 2000

ASSUMPÇÃO, R. A. B.; MARIOTTO, T. C.; CARVALHO, F. R. Avaliação da quantidade de proteínas de suplementos dietéticos proteicos, 2004.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE INDÚSTRIAS DE SORVETES. Sorvete. 2008. Disponível em: www.abis.com.br/estat.asp. Acessado em novembro de 2013.

BRASIL, Ministério da Saúde, Portaria n. 379 de 26 de abril de 1999.

HARAGUCHI, F. K.; ABREU, W. C.; PAULA, H de. Proteínas do soro do leite: composição, propriedades nutricionais, aplicações no esporte e benefícios para a saúde humana. Rev. Nutr., Campinas, v.19, n.4, p. 479-88, 2006.

MORAIS, R.; MEDEIROS, R. R.; LIBERALI, R. Eficácia da suplementação de proteínas no treinamento de força. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo v. 2, n. 10, p. 265-276, Julho/Agosto, 2008.

SAITO, P. T.; KATSUDA, M. S., SAKANAKA, L.; UENO, C. T. Desenvolvimento de sorvete à base de concentrado proteico de soro fermentado do Kefir.

SILVA. K.; BOLINI, H. M. A.; ANTUNES, A. J. Soro de leite bovino em sorvete. Alim. Nutr., Araraquara, v. 15, n. 2, p. 187-196, 2004

SOUZA, J. C. B.; COSTA, M. R.; DE RENSIS, C. M. V. B.; SIVIERI, K. Sorvete: composição, processamento e viabilidade da adição de probiótico; Alim. Nutr, Araraquara, v.21, n.1, p. 155-165, jan./mar. 2010

XAVIER, L.P.S; Processamento de sorvetes; Universidade Federal de Pelotas, 2009.

Published

2016-03-27

Issue

Section

Innovative science and technology