Sistema alternativo para secagem de cacau e geração de energia

Authors

  • Geovana Pires Araujo Lima Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Jorge Henrique Sales Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Afonso Andrade Portugal Universidade Estadual de Santa Cruz

DOI:

https://doi.org/10.7198/geintec.v5i1.352

Abstract

O presente artigo apresenta a viabilidade na implementação de um sistema fotoelétrico isolado para redução de custos com eletricidade e propõe a utilização de uma estufa de secagem de grãos em uma pequena fazenda cacaueira na cidade de Ilhéus/BA. Para a análise da viabilidade da implementação do sistema fotovoltaico, foram selecionados somente os equipamentos de iluminação, devido à utilização mais comum. Em seguida com ajuda da ferramenta CAD foi estudada a distribuição do sistema fotoelétrico, com o objetivo de encontrar o melhor percentual de rendimento, a definição do número de painéis, o modelo e a quantidade de conversores de corrente. Com os resultados obtidos, foi possível comparar o investimento feito no sistema fotovoltaico e associar com os custos da energia elétrica durante 30 anos.  Neste trabalho, também é apresentada uma estufa de secagem para amêndoas de cacau, sendo uma proposta multidisciplinar de aplicação da modelagem matemático computacional, usando softwares de simulação como ferramentas básicas para o desenvolvimento do projeto. Essa inovação é uma estufa especial, disposta verticalmente, constituído por bandejas, colocadas umas sobre as outras comportando em torno de 40 bandejas.

Author Biography

Jorge Henrique Sales, Universidade Estadual de Santa Cruz

Professor Doutor do Departamento de Matemática. Trabalha em Física Teórica, Matemática Aplicada e Modelagem Computacional.

References

APOLO11. Latitude e Longitude das Cidades Brasileiras. Disponível em: <http://apolo11.com/latlon.php>. Acesso dia 15 abr. 2013.

ATLAS, Solarimétrico do Brasil. Recife Editora Universitária da UFPE, 2000.

COELBA. Fornecimento de Energia Elétrica em Média Tensão à Edificação e Uso Coletivo. Grupo Neoenergia, nov 2013.

MINHA CASA SOLAR. Disponível em: <http://minhacasasolar.lojavirtualfc.com.br>. Acesso dia 25 abr. 2013.

RÜTHER, R. Edifícios Solares Fotovoltaicos. 1º edição. Editora UFSC/ LABSOLAR. Florianópolis, 2004.

SALES, J. H. O. e SUZUKI, A. T.. Plane and Parabolic Solar Panels, UKC 2009, Raleigh. Creative Minds for Global Sustainability. raleigh : North Carolina State University, (2009).

SHAYANI, R. A.; OLIVEIRA, M. A.; CAMARGO, I. T. C. Comparação do Custo entre Energia Solar Fotovoltaica e Fontes Convencionais. Congresso Brasileiro de Planejamento Energético (V CBPE). Brasília, 2006.

SOLAR BRASIL. Cartilha de Energia Solar: Produtos e Especificações Técnicas. São Paulo, 2010. SOLARTERRA.

Energia Solar Fotovoltaica: Guia Prático. São Paulo, [entre 2000 e 2013].

SOLENERG, engenharia - Energia Solar Fotovoltaica, Belo Horizonte - Minas Gerais, Brasil (2013)

YOUNG, H. D.; FREEDMAN, R. A. Física IV: Ótica e Física Moderna. 12º edição. Editora Pearson Education do Brasil. São Paulo, 2009

Published

2015-03-28

Issue

Section

Innovative science and technology