Prospecção tecnológica: utilização de alcaloides no tratamento da doença de Alzheimer

Authors

  • Francisco Rodrigo de Asevedo Mendes de Oliveira Universidade Federal do Piauí
  • George Laylson da Silva Oliveira
  • Marcus Vinícius de Oliveira Barros de Alencar
  • Johanssy da Silva Oliveira
  • Rivelilson Mendes de Freitas Universidade Federal do Piauí

DOI:

https://doi.org/10.7198/geintec.v4i3.239

Abstract

A Doença de Alzheimer (DA) é a desordem neurológica que mais acomete pessoas em todo o mundo. Atualmente, compostos naturais derivados de plantas como os alcaloides, podem ser uma alternativa promissora, eficaz e com menos efeitos adversos para o desenvolvimento de medicamentos para DA. O objetivo do presente estudo foi realizar uma prospecção tecnológica de alcaloides para o tratamento da DA, analisando a quantidade de registros de depósitos de pedido de patentes em cada país, por meio de bases nacionais e internacionais até o momento. Para isso, a prospecção foi realizada no Banco Europeu de Patentes, no banco da Organização Mundial de Propriedade Intelectual, no Banco Americano de Marcas e Patentes e no banco de dados do Instituto Nacional de Propriedade Industrial do Brasil. A classificação internacional mais abundante nessa prospecção foi A61K. Considerando o ano, o maior número de patentes foi depositado nos últimos 20 anos. 53,85% das patentes encontradas foram depositadas nos Estados Unidos, seguido da Espanha com 23,07%, República da Coréia com 15,39% e África do Sul com 7,69%.

Author Biography

Rivelilson Mendes de Freitas, Universidade Federal do Piauí

Departamento de Bioquímica e Farmacologia

Published

2014-09-28

Issue

Section

Artigos (Ativos de 2011 até 2014)