Desenvolvimento do potencial tecnológico de Casearia sylvestris

Authors

  • Lana Grasiela Alves Marques Rede Nordeste de Biotecnologia Universidade Federal do Ceará
  • Evelyne Rolim Braun Simões Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO) – Universidade Federal do Ceará – UFC
  • Paulo Michel Pinheiro Ferreira Professor Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas - Universidade Federal do Piauí – UFPI
  • Maria Rita de Morais Chaves Santos Ciências dos Materiais Universidade - Federal do Piauí – UFPI
  • Cláudia Pessoa Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO) - Universidade Federal do Ceará – UFC

DOI:

https://doi.org/10.47059/geintecmagazine.v3i4.218

Abstract

A análise prospectiva é uma importante ferramenta na identificação das oportunidades e das necessidades mais relevantes em Pesquisa e Desenvolvimento (P & D) bem como das intervenções planejadas em sistemas de inovação. Este trabalho escolheu o gênero Casearia, epíteto sylvestris conhecida como "guaçatonga", para estudar seu potencial tecnológico, fazendo uso do Software Vantage Point - tratamento bibliométrico, geração dos dados quantitativos e identificação de indicadores científicos. Observou-se que as quantidades de publicações no Brasil (135 artigos indexados) são bastante relevantes, embora indiquem um gargalo nos registros das patentes.

Author Biographies

Lana Grasiela Alves Marques, Rede Nordeste de Biotecnologia Universidade Federal do Ceará

Possui graduação em Bacharelado em Química com Atribuição Tecnológica pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), mestrado em Química pela UFPI. Atualmente é bolsista CAPES de doutorado da Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO), Universidade Federal do Ceará, UFC, com período sanduíche de 6 meses em World Intellectual Property Organization – WIPO Genève/Suisse, título de tese: Mapeamento e Abordagem Legais das Redes de Bioprospecção nos Países Megadiversos.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Físico Química Inorgânica, atuando principalmente nos seguintes temas: filmes finos, materiais cerâmicos, constante dielétrica, Propriedade Intelectual e Industrial, Bioprospecção. Possui formação complementar em Redação de Patentes e Patentes em Biotecnologia pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial de Portugal (INPI-PT), Gestão de Projetos; Prospecção Tecnológica; Transferência Tecnológica; Propriedade Intelectual e Inovação no Agronegócio; Negociação, Comercialização e Contratos; Avaliação Tecnológica e Redação de Patente; Estruturação de Núcleos de Inovação Tecnológica, Estudo de Mercado; Biotecnologia e Propriedade Intelectual. Todos esses  cursos coordenados pelo Instituto Nacional em Propriedade Industrial (INPI) Brasil e World Intelectual Propriety Organization (WIPO - Genebra). Experiência e formação em softwares que realizam busca de anterioridade em bancos de dados mundiais com acesso a banco de patentes.

Foi bolsista CNPq de Desenvolvimento Tecnológico e Industrial - DTI II do Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia. A bolsa fez parte do projeto aprovado por meio da Chamada Pública MCT/FINEP/Ação Transversal - TIB - 02/2006 - Rede NIT – NE. Colaboradora no Projeto FINEP PRO-INOVA - 01/2008-2010. Colaboradora no Projeto: Mapeamento e Desenvolvimento de Prospecção de Tecnologias Desenvolvidas no Âmbito da UFPI.

Palestrante no III Seminário de Propriedade Intelectual e Empreendedorismo Tecnológico e V Workshop de Propriedade Intelectual e Inovação Tecnológica com tema: A Propriedade Intelectual e a Busca da Informação Tecnológica: os bancos de patente.

Atuou na elaboração de um capítulo do livro Capacitação em Inovação Tecnológica para Empresários com tema Propriedade Intelectual no Agronegócio e na Biotecnologia. Publicação faz parte do projeto de Capacitação de Inovação Tecnológica para Empresários do Nordeste com o objetivo de capacitar empresários para o empreendedorismo inovador, contribuindo com os esforços de inovação na região NE do Brasil, focando em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia.

Evelyne Rolim Braun Simões, Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO) – Universidade Federal do Ceará – UFC

Doutoranda Renorbio / UFC

Paulo Michel Pinheiro Ferreira, Professor Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas - Universidade Federal do Piauí – UFPI

Professor/ pesquisador/Ciências dos Materiais Universidade - Federal do Piauí – UFPI

Maria Rita de Morais Chaves Santos, Ciências dos Materiais Universidade - Federal do Piauí – UFPI

professora / pesquisadora Ciências dos Materiais Universidade - Federal do Piauí – UFPI

Cláudia Pessoa, Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO) - Universidade Federal do Ceará – UFC

professora/pesquisadora Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO) - Universidade Federal do Ceará – UFC

Published

2013-12-03

Issue

Section

Articles