Avaliação de tecnologias em dessalinização de água a partir da análise dos pedidos de patentes

Authors

  • Mairim Russo Serafini Universidade Federal de Sergipe
  • Ana Eleonora Almeida Paixao
  • Antônio Martins Oliveira-Junior
  • João Antônio Belmino Santos
  • Gabriel Francisco Da Silva

DOI:

https://doi.org/10.47059/geintecmagazine.v2i1.21

Abstract

A dessalinização da água do mar começou a se tornar importante para produzir água de abastecimento em embarcações e hoje se torna uma solução disponível para o problema da escassez de água doce. Diante dessa situação, o presente estudo objetivou avaliar os avanços tecnológicos na área de dessalinização, uma vez constatado o problema da escassez de água prevista para as próximas décadas. Para a realização da busca de patentes, utilizou-se a base da World Intellectual Property Organization (WIPO) e do Banco de dados do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Avaliando os cenários mundial e brasileiro, no que concerne aos documentos de pedidos de patentes, podemos caracterizar a prospecção relativa à dessalinização por estar em constante desenvolvimento, principalmente a partir do ano de 2000 e, principalmente nas classificações internacionais referentes à separação e ao tratamento de água. Entretanto, os dados demonstram que, em se tratando de dessalinização por meios de tecnologia solar, a área é promissora, tendo em vista o número relativamente baixo de pedidos de depósitos com essa tecnologia, sobretudo no cenário brasileiro.

Published

2012-03-23

Issue

Section

Articles