Tendências tecnológicas para produção de bebidas alcoólicas com baixo teor alcoólico

Authors

  • Sra Paula Bacelar Leite Universidade Federal da Bahia
  • Sr Giovani Brandão Mafra de Carvalho Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Sra Janice Izabel Druzian Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.7198/geintec.v3i3.137

Abstract

Os últimos anos têm testemunhado um aumento na demanda por bebidas alcoólicas com teor alcoólico reduzido, como resultado de problemas de saúde e sociais. No entanto, a maioria dessas bebidas disponíveis não agradam ou respondem às expectativas dos consumidores. O presente artigo tem como objetivo realizar um estudo de prospecção tecnológica relacionado ao desenvolvimento de métodos para produção dessas bebidas alcoólicas com teor alcoólico reduzido. A metodologia empregou o uso do código de classificação internacional de patentes para a busca na base de patentes européia (Espacenet®). A partir dos resultados encontrados foi analisada a evolução anual das patentes, a origem das tecnologias, a distribuição por tipo de depositantes, detentores de tecnologia de produção. A primeira patente encontrada foi de 1903, sendo a França o país de origem. Constatou-se que existe uma tendência ao crescimento do número de depósitos de patentes a partir de 1978, em especial nos países da América do Norte, Canadá (41%) e Estados Unidos (27%) e para os países da Comunidade Européia, Alemanha (40%) e Itália (28%). Isto indica que muitos esforços inovativos têm sido realizados por diferentes países, atestando interesse na produção de bebidas alcoólicas com baixo teor de álcool.

Author Biography

Sra Paula Bacelar Leite, Universidade Federal da Bahia

Doutoranda em Engenharia Química, com mestrado em Ciência de Alimentos, também cursado na Universidade Fedral da Bahia, e graduada em Engenharia de Alimentos pela Universaidade Estadual de Feira de Santana.

Published

2013-09-08

Issue

Section

Artigos (Ativos de 2011 até 2014)