Mecanismos de Geração de Empreendimentos: as Aceleradoras de Start-Ups no Brasil

Authors

  • Amanda Luiza Soares Silva Universidade Federal de Sergipe - UFS
  • Cleide Ane Barbosa da Cruz
  • Valéria Melo Mendonça
  • Paulo Roberto dos Santos
  • Iracema Machado de Aragão Gomes
  • Ana Eleonora Paixão

DOI:

https://doi.org/10.7198/geintec.v8i1.1262

Abstract

Aceleradoras de Start-ups são consideradas mecanismos de geração de empreendimentos. O objetivo geral do estudo é caracterizar as aceleradoras participantes do Programa Nacional de Aceleração de Start-ups – Start-up Brasil. Os principais resultados obtidos foram: perfil das start-ups selecionadas pelas aceleradoras, start-ups em áreas como educação, Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC, saúde, economia criativa, entre outras; informações sobre a aceleradora, tais como locais de aceleração (Brasil, Estados Unidos da América – EUA e Suécia) e quantidade de start-ups entre 3 e 130 em diversos estágios (pré-aceleradas, em aceleração, aceleradas e no portfólio); o investimento por start-up pode variar entre R$20.000,00 e R$3.000.000,00 e a participação acionária de 1%-40%, dependendo da aceleradora e de seus investidores internos e externos; e, as metodologias de aceleração possuem aspectos como mentoria, visitas técnicas em outros países, eventos, acesso a capital, networking e gestão de portfólios.

Published

2018-03-09

Issue

Section

Innovative science and technology