Technological forecasting of Chitosan, Silk Fibroin and Xanthan Gum as biomaterials for Scaffolds-3D

Authors

  • Gabriela Santos Andrade Universidade Tiradentes
  • Danielly de Brito Andrade Universidade Tiradentes
  • Gabriel Gois de Lima Universidade Tiradentes
  • Francine Ferreira Padilha Universidade Tiradentes
  • Paulo Autran Leite Lima Universidade Tiradentes

DOI:

https://doi.org/10.7198/geintec.v10i1.1173

Abstract

Biomateriais são bastante estudados para tratamento de lesões teciduais, como a quitosana, fibroína e goma xantana. Estudos potencialmente inovadores precisam passar por busca de anterioridade por meio de prospecção tecnológica, de forma a direcionar a pesquisa e possível desenvolvimento de patentes a ela relacionado. Desta forma, este estudo objetivou a prospecção tecnológica de quitosana, fibroína e goma xantana como biomateriais aplicáveis em scaffolds-3D. A busca realizou-se entre os meses de janeiro a julho de 2017, tendo como base os pedidos de patentes no United States Patent and Trademark Office (USPTO), European Patent Office (EPO), no banco de patentes latino-americanas e espanholas (LATIPAT), e banco de dados do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), do Brasil. As patentes depositadas para cada biomaterial evidenciam a vasta aplicabilidade deles, com numerosos depósitos em variadas áreas. Delimitando a busca para os biomateriais separados em scaffolds, percebeu-se que o número de patentes diminuiu significativamente. Além disso, quando os três foram combinados durante a pesquisa, percebeu-se que não há patente depositada que proponha a união destes biomateriais em scaffolds. Quando pesquisado scaffold associado à enxertia, foi identificado que os países Japão e Estados Unidos detêm a maioria dos depósitos no EPO, tendo o Brasil apenas um depósito publicado. Conclui-se que, ainda que o cenário da pesquisa e desenvolvimento do Brasil venha mudando gradativamente, o volume de patentes depositadas é baixo. Além disso, foi evidenciado que scaffolds baseados em quitosana, fibroína e goma xantana possuem caráter inovador, demonstrando potencial para submissão de patente.

Author Biographies

Gabriela Santos Andrade, Universidade Tiradentes

Bacharel em Fisioterapia pela Universidade Tiradentes (UNIT). É mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Industrial da Universidade Tiradentes (PBI/UNIT). Membro do grupo de pesquisa Estudos Interdisciplinares em Neurociências e Biotecnologia (EINB/UNIT). Desenvolveu estudo de experimentação em animal na linha de pesquisa intitulada: Utilização de produtos naturais em Fisioterapia. Participou de estudo experimental em animal, com o uso de Biomateriais para Engenharia de tecidos, objetivando sua aplicação na regeneração de tecido ósseo, na linha de pesquisa: Biotecnologia, Bioengenharia e Nanotecnologia. Participou de projeto na linha de pesquisa: Neurociências Educacionais, Cognitivas e Comportamentais. O estudo prospectivo objetivou testar o efeito da corrente interferencial na funcionalidade em pacientes com fibromialgia.

Danielly de Brito Andrade, Universidade Tiradentes

Graduanda em Fisioterapia pela Universidade Tiradentes (UNIT). Membro do grupo de pesquisa Estudos Interdisciplinares em Neurociências e Biotecnologia (EINB/UNIT). Participou estudo experimental em animal, com o uso de biomateriais para engenharia de tecidos, objetivando sua aplicação na regeneração de tecido ósseo. Membro do grupo de pesquisa de estudos interdisciplinares em neurociência e biotecnologia (EINB/UNIT). Participa na preparação e caracterização de compósitos baseados em quitosana, fibroína e goma xantana (EINB/UNIT).

Gabriel Gois de Lima, Universidade Tiradentes

Acadêmico em Fisioterapia pela Universidade Tiradentes. Atualmente participa como aluno voluntário do Programa de Iniciação Cientifica da Universidade Tiradentes (PROVIC/UNIT). Desenvolveu estudo de experimentação em animal intitulado: Avaliação do controle sensório-motor no pós-operatório de biomateriais a base de quitosana e fibroína em calvária de ratos, na linha de pesquisa: Neurociências educacionais, cognitivas e comportamentais. Atualmente desenvolve estudo de biotecnologia industrial intitulado: Preparação e caracterização de compósitos baseados em quitosana, fibroína e goma xantana, na linha de pesquisa: Biotecnologia, bioengenharia e nanotecnologia. Foi membro da Liga Acadêmica de Cinesiologia e Biomecânica (LACBIO/UNIT). Atualmente é membro da Liga de Fisioterapia Esportiva (LIFE/UNIT). Membro do Grupo de Pesquisa Estudo Interdisciplinares em Neurociência e Biotecnologia (EINB/UNIT).

Francine Ferreira Padilha, Universidade Tiradentes

Graduada em Ciências Biológicas pela UCPEL (1994), mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial pela UFPEL (1997) e doutorado em Ciência de Alimentos pela UNICAMP (2003). Atualmente é pesquisador do Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP), professora do Programa de Mestrado e Doutorado em Saúde e Ambiente da Universidade Tiradentes, do Programa de Doutorado em Biotecnologia da RENORBIO e do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Industrial da Unit. Foi coordenadora do Núcleo de Biotecnologia de 2010 a 2011 e coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Industrial da Unit, cursos de mestrado e doutorado de 2011 - 2014. Vice Coordenadora Estadual do Doutorado em Biotecnologia (Renorbio) desde 04/2009. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Genética e Biologia Molecular, Biotecnologia; atuando principalmente nos seguintes temas: Modificação genética em microrganismos, produção de biomateriais, desenvolvimento de novos produtos na área de alimentos, extração, caracterização e aplicação de produtos naturais.

Paulo Autran Leite Lima, Universidade Tiradentes

Fisioterapeuta graduado pela Universidade Tiradentes (UNIT), especialista em biomecânica e cinesiologia funcional (UNIT), mestre em ciências da saúde pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), doutor em ciência e engenharia de materiais (UFS) com período sanduíche na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e na Université Haute Alsace (UHA/França), pós-doutor em ciências da saúde (UFS) e pós-doutorando em neurociências pela Universidade de Aveiro (UA/Portugal). Atualmente é diretor internacional de pesquisa científica do Advanced Physical Therapy Courses (APTC/Espanha) e revisor de projetos de fomento da FAPITEC/SE. Além disso, realiza pesquisas nas áreas de biomateriais, biomecânica, cinesioterapia e neurociência.

References

BUENO, V.B.; TAKAHASHI, S.H.; CATALANI, L.H. et al. Biocompatible xanthan/polypyrrole scaffolds for tissue engineering. Materials Science and Engineering C, v. 52, n. 01, pp. 121-128, 2015.

COCCIA, M. Driving forces of technological change: The relation between population growth and technological innovation. Technological Forecasting and Social Change, v. 82, n. 01, pp.52-65, 2013.

COX, S.C.; THORNBY, J.A.; GIBBONS, G.J. et al. 3D printing of porous hydroxyapatite scaffolds intended for use in bone tissue engineering applications. Materials Science and Engineering C, v.47, n.04, pp.237-247, 2015.

CROISIER, F.; JÉRÔME, C. Chitosan-based biomaterials for tissue engineering. European Polymer Journal, v.49, pp.780–792, 2013.

DI MARTINO, A.; KONA, E.; PERDISA, F. et al. Surgical treatment of early knee osteoarthritis with a cell-free osteochondral scaffold: results at 24 months of follow-up. Injury, v.46, n. 08, pp. 33–38, 2015.

EPO. Espacenet Patent Search. Disponível em: https://www.epo.org/index.html. Acesso em: junho. 2017.

ESPINOSA, S.C.; WHITE, J.C. Tailoring Biomaterial Scaffolds for Osteochondral Repair. International Journal of Pharmaceutics, v. 523, n. 02, pp. 476–489, 2017.

HAN, G.; WANG, G.; ZHU, X. et al. Preparation of xanthan gum injection and its protective effect on articular cartilage in the development of osteoarthritis. Carbohydrate Polymers, v. 87, n. 01, pp. 1837–1842, 2012.

INPI. Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Disponível em: http://www.inpi.gov.br/. Acesso em: junho. 2017.

JAIPAEW, J.; WANGKULANGKUL, P; MEESANE, J. et al. Mimicked cartilage scaffolds of silk fibroin/hyaluronic acid with stem cells for osteoarthritis surgery: Morphological, mechanical, and physical clues. Materials Science and Engineering C, v. 64, n. 01, pp. 173-182, 2016.

KIM, J.; HWANG, J.; SEO, C. et al. Engineered chitosan-xanthan gum biopolymers effectively adhere to cells and readily release incorporated antiseptic molecules in a sustained manner. Journal of Industrial and Engineering Chemistry, v. 46, n. 01, pp. 68–79, 2017.

KUNDU, B.; RAJKHOWA, R.; KUNDU, S.C. et al. Silk fibroin biomaterials for tissue regenerations. Advanced Drug Delivery Reviews, v.65, n.04, pp.457-470, 2013.

LATIPAT. Patentes da América Latina y España. Disponível em: http://lp.espacenet.com/. Acesso em junho. 2017.

LEE, K., AHN, S.; CHOI, C.H. et al. Functionalized alginate/chitosan biocomposites consisted of cylindrical struts and biologically designed for chitosan release. Current Applied Physics, v. 14, n. 01, pp. 1105-1115, 2014.

LEVINGSTONE, T.J.; THOMPSON, E. MATSIKO, A. et al. Multi-layered collagen-based scaffolds for osteochondral defect repair in rabbits. Acta Biomaterialia, v. 32, n. 01, pp. 149–160, 2016.

MESTRINER, L.A. Osteocondrite dissecante do joelho: Diagnóstico e tratamento. Revista Brasileira de Ortopedia, v.47, n.05, pp.553-62, 2012.

MIRANDA, S.C.C.C.; SILVA, G.A.B.; HELL, R.C.R. et al. Three-dimensional culture of rat BMMSCs in a porous chitosan-gelatin scaffold: A promising association for bone tissue engineering in oral reconstruction. Archives of Oral Biology, v. 56, n. 01, pp. 1-15, 2011.

PEREIRA, J.M. Política de ciência, tecnologia e inovação: uma avaliação da gestão do sistema de proteção à propriedade intelectual no Brasil. Independent Journal of Management & Production (IJM&P), v. 02, n. 02, 2011.

PIRES, A.L.R.; BIERHALZ, A.C.K.; MORAES, A.M. Biomateriais: tipos, aplicações e mercado. Química Nova, v.38, n.07, p.957-971, 2015.

POOJA, D.; PANYARAM, S.; KULHARI, H. et al. Xanthan gum stabilized gold nanoparticles: characterization, biocompatibility, stability and cytotoxicity. Carbohydrate Polymers, v. 110, n. 01, pp.1-9, 2014.

SHARMA, C.; DINDA, A.K.; POTDAR, P.D. et al. Fabrication and characterization of novel nano-biocomposite scaffold of chitosan–gelatin–alginate–hydroxyapatite for bone tissue engineering. Materials Science and Engineering C, v. 64, n. 01, pp. 416–427, 2016.

UPPSTROM, T.K.; HASKEL, J.D.; GAUSDEN, E.B. et al. Reliability of predictive models for non-operative healing potential of stable juvenile osteochondritis dissecans knee lesions. The Knee, v.23, n.04, pp. 698-701, 2016.

USPTO. United States Patent and Trademark Office. Disponível: https://www.uspto.gov/patent. Acesso em: junho. 2017.

WANG, J.; WEI, Y.; YI, H. et al. Cytocompatibility of a silk fibroin tubular scaffold. Materials Science and Engineering C, v. 34, n. 01, pp.429–436, 2014.

XIE, H.; GU, Z.; LI, C. et al. A novel bioceramic scaffold integrating silk fibroin in calcium polyphosphate for bone tissue engineering. Ceramics International, v.42, n. 01, pp. 2386–2392, 2016.

Published

2020-01-30

Issue

Section

Management and Social Science