Management of intellectual property assets in Private Universities: The PUC / RJ case

Authors

  • Thalissa Pádua Pádua Gilaberte Instituto Nacional da Propriedade Industrial
  • Eduardo Winter Instituto Nacional da Propriedade Industrial

DOI:

https://doi.org/10.7198/geintec.v8i4.1111

Abstract

A literatura tradicional denomina Sistema Nacional de Inovação o conjunto de instituições dos setores público ou privado cujas atividades e interações geram, adotam, importam, modificam e difundem novas tecnologias. Para tanto, o nível de articulação dos três atores principais que compõem esse sistema (Estado, empresa e universidade/instituto de pesquisa) são determinantes para a geração de inovação. Fundamentais na produção e difusão do conhecimento, as universidades detêm grande parte deste, e delas, por vezes, se origina o processo de transferência de tecnologia para as empresas. Os resultados das atividades de pesquisa e desenvolvimento, realizadas no âmbito dessas instituições, decorrentes das atuações de pesquisadores e docentes, geram os ativos de propriedade intelectual (ativos intangíveis). O presente trabalho objetiva analisar a importância dos ativos de propriedade intelectual nas universidades, contextualizar  a evolução histórica das universidades no Brasil, contemplando o seu papel na inovação tecnológica, e por fim, analisar o procedimento de proteção para depósito ou registro dos ativos de Propriedade Intelectual (PI) da  Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC) a fim de pautar as decisões de gestores em universidades privadas em estratégias a serem adotadas em gestão de ativos de PI.

Published

2018-12-26

Issue

Section

Innovative science and technology