Análise da seleção de projetos do Programa Primeira Empresa Inovadora (PRIME) no centro incubador do estado de Sergipe/Brasil (CISE)

Iracema Machado de Aragão Gomes, Íkaro Daniel de Carvalho Barreto, Ana Eleonora Almeida Paixão, Suzana Leitao Russo

Resumo


As políticas de apoio ao empreendedorismo são fundamentais para a geração de novas empresas. No Brasil, capital semente, instalação de parques tecnológicos, programas de financiamento a juro zero e, subvenção econômica como o Programa Primeira Empresa Inovadora (PRIME) são exemplos de políticas de incentivo. Para execução do PRIME, em particular, a Agência Brasileira de Inovação (FINEP)descentralizou a operacionalização para que as incubadoras de empresas pudessem selecionar os projetos inovadores. Este artigo analisa o programa PRIME do Centro Incubador de Empresas do Estado de Sergipe (CISE), após o cálculo das médias e desvio-padrão das notas obtidas pelas empresas nos fatores de inovação, potencial de mercado, retorno econômico financeiro, estratégia de mercado e equipe e aplicação do teste Mann-Whintey.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v3i3.93

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. revistageintec@gmail.com