Índice Brasil de inovação: uma aplicação em nível estadual com foco no estado da Bahia

Diego Lemos Ferreira, Liliane de Queiroz Antonio, Fernanda Rodrigues Moraes

Resumo


O presente artigo objetivou analisar o ambiente de inovação do Estado da Bahia. Para isso, utilizaram-se como estratégia de pesquisa a análise documental de indicadores de inovação disponível nas edições da PINTEC e de outras fontes, como o INPI. Ao analisar os dados de forma ponderada, utilizando-se do Índice Brasil de Inovação, constataram-se que o esforço para a inovação das empresas localizadas no Estado da Bahia acompanha a média nacional, mas este esforço não tem se transformado em resultado, sendo uma das causas os baixos índices de educação que forçam as empresas a investirem em treinamento e capacitação mais do que outros esforços para a inovação.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v3i1.80

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. revistageintec@gmail.com