Prospecção científica de espécies do gênero Annona (Annonaceae) com atividade antinociceptiva e anti-inflamatória

Jackson Roberto Guedes da Silva Almeida, Hállison do Nascimento Silva, Tâmara Coimbra Diniz, Roxana Braga de Andrade Teles, Suzana Vieira Rabelo

Resumo


A família Annonaceae possui cerca de 135 gêneros e 2.500 espécies distribuídas entre as áreas tropicais dos continentes americano, africano e asiático. Ela destaca-se por haver um grande número de espécies de importância para os diversos setores industriais. Algumas espécies possuem atividade antinociceptiva e anti-inflamatória, dentre elas, Annona squamosa L. (pinha). O objetivo deste trabalho foi realizar uma prospecção científica de espécies do gênero Annona, identificando quais espécies possuem atividade antinociceptiva e anti-inflamatória, e a quantidade de artigos publicados que apresentem as respectivas ações farmacológicas. Essa prospecção científica foi desenvolvida através da busca nos bancos de dados Pubmed, Science Direct, Scopus, Scielo e Lilacs realizada no mês de janeiro de 2015. Foram encontrados 75 artigos, analisados e identificados conforme os respectivos critérios de inclusão do estudo, totalizando no final 12 artigos. Os resultados demonstram que ainda são poucos os estudos relacionados no meio científico sobre as possíveis atividades antinociceptiva e anti-inflamatória de espécies desse gênero.

Palavras-chave: Annona; Annonaceae; antinociceptivo; anti-inflamatório.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, R. N.; NAVARRO, D. S.; BARBOSA-FILHO, J. M. Plants with central analgesic activity. Phytomedicine, v. 8, p. 310-322, 2001.

ALBUQUERQUE, U. P.; MEDEIROS, P. M.; ALMEIDA, A. L. et al. Medicinal plants of the caatinga (semi-arid) vegetation of NE Brazil: A quantitative approach. Journal of Ethnopharmacology, v.114, n. 3, p. 325-354, 2007.

ALMEIDA, J. R. G. S. et al. Antinociceptive activity of ethanol extract from Duguetia chrysocarpa Maas (Annonaceae). The Scientific World Journal, Cairo, v. 2012, p. 1-6, 2012.

CHAVAN, M. J.; WAKTE, P. S.; SHINDE, D. B. Analgesic and anti-inflammatory activity of Caryophyllene oxide from Annona squamosa L. bark. Phytomedicine, v. 17, p. 149–151, 2010.

CHATROU, L. W. Et al. A new subfamilial and tribal classification of the pantropical flowering plant family Annonaceae informed by molecular phylogenetics. Botanical Journal of the Linnean Society. Oxford, v. 169, p. 5-40, 2012.

COSTA, E. V. et al. Chemical composition of the essential oils of Annona pickelii and Annona salzmannii (Annonaceae), and their antitumour and trypanocidal activities. Natural Product Research. Abingdon, v. 27, p. 997-1001, 2013.

DINIZ, T. C.; ARAÚJO, C. S.; SILVA, J. C. et al. Phytochemical screening and central nervous system effects of ethanolic extract of Annona vepretorum (Annonaceae) in mice. Journal of Medicinal Plant Research, v. 7, p. 2729-2735, 2013.

FERREIRA, V. F.; PINTO, A. C. A fitoterapia no mundo atual. Química Nova, v. 33,n. 9, p. 1829, 2010.

HUTCHINSON, J. The Genera of Flowering Plants, v. 1, Oxford: University Press, 1974.

LAGE, G. A. Isolamento, identificação química e bioprospecção de metabólitos secundários das folhas de Annona crasiflora Mart. (Annonaceae). Dissertação em Química (mestrado) – Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2011.

LIMA, L. A. A. S.;PIMENTA, L. P. S.; BOAVENTURA, M. A. D. Acetogenins from Annona cornifolia and their antioxidant capacity. Food Chemistry , v. 122, p. 1129 –1138, 2010.

MAAS, P.; LOBÃO, A.; RAINER, H. Annonaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em:

. Acesso em: 14 Abr. 2015

SOUSA, O. V.; VIEIRA, G. D; PINHO, J. J. R. G. et al. Antinociceptive and anti-inflammatory activities of the ethanol extract of Annona muricata L. leaves in animal models. International Journal of Molecular Sciences, v. 11, p. 2067 - 2078, 2010.

SIEBRA, C. A.; NARDIN, J. M.; FLORÃO, A. et al. Potencial antiinflamatório de Annona glabra,

Annonaceae. Revista Brasileira de Farmacognosia, v. 19, p. 82 - 88, 2009.

VIEGAS-JUNIOR, C.; BOLZANI, V. S.; BARREIRO, E. J. Os produtos naturais e a química medicinal moderna. Química Nova, v. 29, n. 2, p. 326-337, 2006.




DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v5i3.710

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. [email protected]