Estudo da cinética de secagem da pimenta

Alessandra almeida Castro Pagani, Joao Antonio Belmino Santos, Gabriel Francisco Silva

Resumo


O objetivo desse trabalho foi otimizar as condições de secagem da pimenta malagueta cultivada no Estado de Sergipe. Os modelos matemáticos empregados para se ajustar os dados experimentais de cinética de secagem, foram propostos pelas equações de Lewis, Brooker, Fick e dos Resíduos. As amostras foram submetidas à secagem em temperaturas de 50, 60, 70, 80, 90 e100oC por período de 60 minutos. Dentre os modelos aplicados observa-se que os melhores ajustes dos dados experimentais foram para as equações de Fick e dos Resíduos, que forneceram resultados para os coeficientes de determinação superiores a 99% para as temperaturas estudadas. Desta forma, pode-se concluir que tanto os frutos, bem como as sementes podem ser uma alternativa viável para a produção de novos produtos, melhorando o desempenho econômico das indústrias beneficiadoras.

Palavras-chave: pimenta, otimização, secagem.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v2i5.69

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. revistageintec@gmail.com