Estudo prospectivo sobre propriedades antineoplásicas de plantas da família Fabaceae com ênfase em mimosa Caesalpiniifolia Benth.

Jurandy Nascimento Silva, Nayana Bruna Nery Monção, Renata Rosado Drumond, Ana Paula Peron, Antônia Maria das Graças Lopes Citó, Paulo Michel Pinheiro Ferreira

Resumo


A demanda por utilização de métodos alternativos para o tratamento do câncer está aumentando a cada ano e estudos sugerem ação citotóxica e antitumoral de um grande número de moléculas de origem vegetal contra diferentes tipos de cânceres. Mimosa caesalpiniifolia Benth. é uma planta nativa do bioma Caatinga, presente em grande parte da Região Nordeste do Brasil que vem sendo progressivamente cultivada do Maranhão ao Rio de Janeiro e apresenta-se como promissora na buscas de moléculas com atividades antineoplásicas. Nesse contexto, este trabalho teve como objetivo realizar uma prospecção científica e tecnológica sobre a utilização dessa espécie vegetal no tratamento de neoplasias e/ou cânceres. Esse levantamento prospectivo mostrou que de um modo geral que as patentes foram depositadas em maior número nas bases WIPO (Word Intelectual Property Organization) e EPO (European Patent Office), com classificação internacional principalmente nas áreas de ciência médica ou veterinária e higiene (A61K) e alimentos, produtos alimentícios ou bebidas não alcoólicas (A23L). As produções científicas estão alocadas principalmente nas áreas de medicina, farmacologia, toxicologia, farmacêutica e bioquímica, genética e biologia molecular, com um ápice de publicações em nossa década atual, demostrando o interesse da comunidade científica.


Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, E. U.; BRUNO, R. L. A.; OLIVEIRA, A. P.; ALVES, A. U.; ALVES, A. U.; PAULA, R. C. Influência do tamanho e da procedência de sementes Mimosa caesalpiniifolia Benth. Sobre a germinação e vigor. Revista Árvore, v. 29, n. 6, p. 877–885, 2005.

ALVES, M. J.; MOURA, A. K. S.; COSTA, L. M.; ARAUJO, E. J. F.; SOUSA, G. M.; COSTA, N. D. J.; FERREIRA, P. M. P.; SILVA, J. N.; PESSOA, C.; LIMA, S. G.; CITO, A. M. G. L. Phenols, flavonoids and antioxidant and cytotoxic activity of leaves, fruits, peel of fruits and seeds of Piptadenia moniliformis Benth (Leguminosae - Mimosoideae. Boletín Latinoamericano y del Caribe de Plantas Medicinales y Aromáticas, v. 13, n. 5, p. 466-476, 2014.

AMADEI, J. R. P.; TORKOMIAN, A. L. V. As patentes nas universidades : análise dos depósitos das universidades públicas paulistas. Ciência da Informação, v. 38, n. 2, p. 9–18, 2009.

ARAÚJO, V. M. R. H. Uso da informação contida em patentes nos países em desenvolvimento. Ciência da Informação, v. 13, n. 1, p. 53–56, 1984.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Assistência Farmacêutica. Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. Brasília: Série B - Textos Básicos de Saúde, 2006. 60p.

BRASIL. Presidência da República,Casa Civil, Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei No 10.973, de 2 de dezembro de 2004. Disponível em: . Acesso em: 21 fev. 2014.

BUTLER, M. S. Natural products to drugs: natural product-derived compounds in clinical trials. Natural Product Reports, v. 25, n. 3, p. 475–516, 2008.

ELSEVIER. Material Publicitário, Amsterdam: Elsevier, 2004.

CALLOU M. J. A.; MIRANDA R. C. M.; FEITOSA T. R.; ARRUDA F. V. F.; NASCIMENTO M. S.; GUSMÃO N. B. Avaliação da atividade antimicrobiana da casca de Mimosa caesalpiniifolia Benth (Sabiá). Scientia Plena, v.8, n. 1, p.1-7, 2012.

CARVALHO, P. E. R. Sabiá Mimosa caesalpiniifolia. Colombo: EMBRAPA, 2007. 10p.

CLARDY, J.; WALSH, C. Lessons from natural molecules. Nature, v. 432, n. 7019, p. 829-837, 2004.

FERREIRA, P. M. P.; COSTA-LOTUFO, L. V.; MORAES, M. O.; BARROS, F. W. A.; MARTINS, A. M. A.; CAVALHEIRO, A. J.; BOLZANI, V. S.; SANTOS, A. G.; PESSOA, C. Folk uses and pharmacological properties of Casearia sylvestris: a medicinal review. Anais Academia Brasileira Ciencias, v. 83, n. 4, p. 1373-1384, 2011a.

FERREIRA, P. M. P.; FARIAS, D. F.; VIANA, M. P.; SOUZA, T. M.; VASCONCELOS, I. M.; SOARES, B. M.; PESSOA, C.; COSTA-LOTUFO, L. V.; MORAES, M. O.; CARVALHO, A. F. F. U. Study of the antiproliferative potential of seed extracts from Northeastern Brazilian plants. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 83, p. 1045–1058, 2011b.

FREITAS, R. M. O; PINTO, J. R. S; PRAXEDES, S. C; NOGUEIRA, N. W; RIBEIRO, M. C. C. Gibberellic acid stimulus on seed and seedling performance is dependent on pod position in Mimosa caesalpiniifolia. Seed Science and Technology, v. 39, n. 3, p. 660–665, 2011.

GORDALIZA, M. Natural products as leads to anticancer drugs. Clinical and Translational Oncology, v. 9, n. 12, p. 767–776, 2007.

INCA. Estimativa 2014: incidência de câncer no Brasil. Revista Brasileira de Cancerologia, v. 60, n. 1, p. 63-64, 2014.

JACSO, P. As we may search - Comparison of major features of the Web of Science, Scopus, and Google Scholar citation-based and citation-enhanced databases. Current Science-Bangalore, v. 89, n. 9, p. 1537–1547, 2005.

JUROSZEK, P.; TEIDERMANN, A.V. Potential estrategies and future requirements for plant disease management under a changing climate. Plant Pathology, v. 60, n. 1, p. 100-112, 2011.

KAMB, A. What’s wrong with our cancer models?, Nature Reviews Drug Discovery, v. 4, n. 2, p.161-165, 2005.

KE, Y.; YUEQIN, X.; WEIWU, Y. Preparation method of compound bamboo leave flavone dripping pill, China, 2009. Disponível em: . Acesso em: 30 mar. 2014.

KUMAR, V.; ABBAS, A. K.; ASTER, J. C. Pathology Basis of Disease. China: WB Saunders, 2004.

LIMA, R. A.; VELHO, L. M. L. S.; FARIA, L. I. L. Delimitação de uma área multidisciplinar para análise bibliométrica de produção científica: o caso da bioprospecção. TransInformação, v. 2, n. 2, p. 153-168, 2007.

LIU, J.; OUYANG, L.; CHEN, Y.; LIU, B. Plant natural compounds targeted cancer cell autophagy: research advances. Journal of International Pharmaceutical Research, v. 40, n. 6, p. 688–694, 2013.

MACEDO, M. F. G. Patentes , pesquisa e desenvolvimento um manual de propriedade intelectual. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2000. p. 164

MAIA, G. N. Banco de Dados de Plantas do Nordeste. Disponível em: . Acesso em: 30 mar. 2014.

MALAQUIAS, G.; CERQUEIRA, G. S.; FERREIRA, P. M. P.; PACHECO, A. C. L.; SOUSA, J. M. C.; DEUS, M. S. M.; PERON, A. P. Utilização na medicina popular, potencial terapêutico e toxicidade em nível celular das plantas Rosmarinus officinalis L., Salvia officinalis L. e Mentha piperita L. (Família Lamiaceae). Revista Intertox de Toxicologia, Risco Ambiental e Sociedade, v. 7, n. 3, p. 50-68, 2014.

MARQUES, M. B. Patentes farmacêuticas e acessibilidade aos medicamentos no Brasil. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. 7, n. 1, p. 7–21, 2000.

MASOUDI-NEJADA, A.; BIDKHORIA, G.; ASHTIANIA, S. H.; NAJAFIA, A.; BOZORGMEHRA, J. H.; WANG, E. Cancer systems biology and modeling: Microscopic scale andmultiscale approaches. Seminars in Cancer Biology. 2014. In Press.

MORITZ, G. O.; PEREIRA, M. F. Planejamento de cenários: a evolução do pensamento prospectivo. Revista de Ciências da Administração, v. 7, n. 13, p. 1–20, 2005.

MONTANARI, C. A.; BOLZANI, V. S. Planejamento racional de fármacos baseado em produtos naturais. Química Nova, v. 24, n. 1, p. 105-111, 2001.

NEWMAN, D. J.; CRAGG, G. M. Natural products as sources of new drugs over the 30 years from 1981 to 2010. Journal of Natural Products, v.75, n.3, p.311-335, 2012.

PASQUINI-NETTO, H.; MANENTE, F. A.; MOURA, E. L.; REGASINI, L. O.; PINTO, M. E. F.; BOLZANI, V. S.; OLIVEIRA, O. M. M. F.; VELLOSA, J. C. R. Avaliação das atividades antioxidante, anti e pró-hemolítica do extrato etanólico das folhas de Pterogyne nitens Tul. (Fabaceae-Caesalpinioideae). Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 14, n. 4, p. 666–672, 2012.

RODRIGUES, R. S. O.; BORGES, A. Periódicos científicos na America Latina: títulos em acesso aberto indexados no ISI e SCOPUS. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 17, n. 4, p. 76–99, 2012.

RUIPING, D. Natural plant antioxidant and its preparation method. China, 2009. Disponível em: . Acesso em: 30 mar. 2014.

SANT’ANA, P. J. P.; ASSAD, A. L. O contexto brasileiro para a bioprospecção. Biotecnologia Ciência & Desenvolvimento, n. 29, 2002.

SARDESAI, V. M. Herbal medicines: poisons or potions? Journal of Laboratory and Clinical Medicine, v. 139, n. 6, p. 343–348, 2002.

SERAFINI, M. R; QUINTANS, J. S. S; ANTONIOLLI, A. R; SANTOS, M. R. V; QUINTANS-JUNIOR, L. J. Mapeamento de tecnologias patenteáveis com o uso da hecogenina. Revista Geintec, v. 2, n. 5, p. 427–435, 2012.

SIMÕES, E. R. B.; MARQUES, L. G. A.; SOARES, B. M.; PINHEIRO, D. P.; SANTOS, M. R. M. C.; PESSOA, C. Technological forecasting on phytotherapics development in Brazil. International Scholarly and Scientific Research & Innovation, v. 6, n. 7, p. 14-18, 2012.

SILVA, M. I. G.; MELO, C. T. V.; VASCONCELOS, L. F.; CARVALHO, A. M. R.; SOUSA, F. C. F. Bioactivity and potential therapeutic benefits of some medicinal plants from the Caatinga (semi-arid) vegetation of Northeast Brazil: a review of the literature. Revista Brasileira de Farmacognosia, v. 22, n. 1, p. 193–207, 2012a.

SILVA, M. J. D.; ENDO, L. H.; DIAS, A. L. T.; SILVA, G. A.; SANTOS, M. H.; SILVA, M. A. Avaliação da atividade antioxidante e antimicrobiana dos extratos e frações orgânicas de Mimosa caesalpiniifolia Benth. (Mimosaceae). Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, v. 33, n. 2, p. 267–274, 2012b.

SILVA, M. F. P.; SILVA, P. H.; OLIVEIRA, Y. R.; GOMES, T. M. F.; FERREIRA, P. M. P.; CERQUEIRA, G. S.; ABREU, M. C. Plantas medicinais: cultivo em quintais pela população de um município do semiárido piauiense, Nordeste do Brasil. Revista Intertox de Toxicologia, Risco Ambiental e Sociedade, v. 7, n .3, p. 101-113, 2014.

SOUZA, H. P. Compostos, Probióticos Nutricêuticos. Brasil, 2007. Disponível em: . Acesso em: 30 mar. 2014.

SOUZA, R. K. D.; MENDONÇA, A. C. A. M.; SILVA, M. A. P. Ethnobotanical , phytochemical and pharmacological aspects Rubiaceae species in Brazil. Revista Cubana de Plantas Medicinales, v. 18, n. 1, p. 140–156, 2013.

SRIVASTAVA, V., NEGI, A. S., KUMAR, J. K., GUPTA, M., KHANUJA, S. P. S. Plant-based anticâncer molecules: A chemical and biological profile of some important leads. Bioorganic & Medicinal Chemistry, v.13, n.21, p. 5892-5908, 2005.

STUMPF, I. R. C. Passado e futuro das revistas científicas. Ciência da Informação, v. 25, n. 3, p. 1–6, 1996.

ULLAH, M. F.; BHAT, S. H.; HUSAIN, E.; ABU-DUHIER, F.; HADI, S. M.; SARKAR, F. H.; AHMAD, A. Cancer chemopreventive pharmacology of phytochemicals derived from plants of dietary and non-dietary origin: implication for alternative and complementary approaches. Phytochemistry Reviews, p. 1–23, 2014.

ZACKIEWICZ, M.; SALLES-FILHO, S. Technological foresight: um instrumento para política científica e tecnológica. Parcerias Estratégicas, n. 10, p. 144-161, 2001.

ZACKIEWICZ, M.; BONACELLI, M. B.; SALLES FILHO, S. Estudos prospectivos e a organização de sistemas de inovação no Brasil. São Paulo em Perspectiva, v. 19, n. 1, p. 115–121, 2005.

ZHAO, P; DAI. M; CHEN, W; LI, N. Cancer trends in China. Japanese Journal of Clinical Oncology, v. 40, n. 4, p. 281–285, 2010.




DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v6i3.534

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. [email protected]