Ocorrência de Listeria monocytogenes em abatedouro-frigorifico de suínos da região dos Campos Gerais – PR

Francielli Casanova Monteiro, Renata Louise Samulak, Maike Tais Maziero Montanhini, Juliana Vitória Messias Bittencourt

Resumo


Listeria monocytogenes é um micro-organismo que está vastamente propagado no ambiente. A contaminação por este patógeno pode ser considerada um problema de saúde publica pois se consumido por gestantes e idosos pode levar o individuo a óbito, e o mesmo tem a habilidade de sobreviver mesmo com a aplicação dos sanitizantes recomendados pela legislação vigente. Como alternativa à microbiologia convencional utilizada nas industrias de alimentos, os métodos envolvendo biologia molecular vem se tornando cada vez mais utilizados, principalmente pelo fato destes apresentarem menor custo da análise, maior sensibilidade, especificidade e rapidez. Objetivou-se neste estudo analisar a ocorrência de L. monocytogenes em ambiente de abatedouro-frigorífico de suínos localizado na Região dos Campos Gerais – PR, através do método de PCR. A pesquisa foi realizada em um abatedouro-frigorífico de suínos e fábrica de embutidos que atua sob o serviço de inspeção do Paraná, para produtos de origem animal SIP/POA. A empresa localizada na região dos Campos Gerais, Paraná, possui capacidade de abate média diária de 400 suínos/dia e produção diária de embutidos correspondente a 1,5 toneladas. As amostras foram coletadas utilizando a técnica de esfregaço de superfície (Swab). 21 amostras coletadas no estabelecimento estudado, 3 tiveram respostas confirmativas para L. monocytogenes, representando 14% do total. Este estudo reforçou a importância do controle e monitoramento de L. monocytogenes no ambiente e equipamentos de matadouros de suínos.

Texto completo:

PDF

Referências


ABNT- ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Preparo da amostra para exame microbiológico. Rio de Janeiro: ABNT, março, 1988.

AUTIO, T., SÄTERI, T., FREDRIKSSON-AHOMAA, M., RAHKIO, M., LUNDÉN, J., KORKEALA, H. Listeria monocytogenes contamination pattern in pig slaughterhouses. Journal Food Protection, v.63, n.10, p.1438-1442, 2000.

BARROS, M.A.F.; BELOTI, V.; HAGA, M.M.; CAVALETTI, L.; d’OVIDIO, L.; AMORIM, F.A.; NERO, L.A. Listeria spp.: ocorrência em equipamentos e ambientes de processamento de carne bovina. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 25, n.4, p. 341-348, 2004.

BERRANG, M.E.; MEINERSMANN, R.J.; FRANK, J.F.; SMITH, D.P.; ENZLINGER, L.L. Molecular characterization of Listeria monocytogenes isolated from a poultry further processing facility and from fully cooked product. Journal of Food protection, v. 65, nº.10, p. 1574-1579, 2002.

BORDER, P.M.; HOWARD, J.J.; PLASTOW, G.S.; SIGGENS, K.W. Detection of Listeria species and Listeria monocytogenes using polymerase chain reaction. Letters in Applied Microbiology, v.11, p.158-162, 1990.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Circular no 354/2004/DCI/DIPOA.Departamento de inspeção de produtos de origem animal. Diário Oficial [da] União da República Federativa do Brasil, Brasília – DF, 25 jun. 2004. p. 3, 8.

CASELANI, K. ; PRATA, L. F. ; BIZARI, P. A. ; PEREIRA, G. T. ; MARCHI, P. G. F.; PICINATO, M. A. C. . Ocorrência de Listeria spp. e de Listeria monocytogenes, em um matadouro-frigorífico de bovinos do Estado de São Paulo. Bioscience Journal (UFU. Impresso), v. 29, p. 956-961, 2013.

DYKES G.A: Physical and metabolic causes of sub-lethal damage in listeria monocytogenes after long-term chilled storage at 4ºc. Journal applied microbiology, v.87. P. 915-922, 2003.

FRANCO, B. D. G. M.; LANDGRAF, M. Micro-organismos patogênicos de importância em alimentos. Microbiologia dos alimentos. São Paulo: Atheneu, 2008. Cap. 4, p. 33-82.

LANGE, C; PERES, ND; ARCURI, EF; et al. Identificação de Listeria monocytogenes pela reação em cadeia da polimerase. Rev Inst Cândido Tostes. 2005;(60):150-3.

MATOS A.V.R; NUNES, L.B.S.; VIANNA C. ; SPINA, T.L.B. ; ZUIM, C.V.; POSSEBON, F.S.; XAVIER, D.M.; FERRAZ, M.C.; PINTO, J.P.A.N. Listeria monocytogenes, E. coli O157, Salmonella spp. e micro-organismos indicadores em carcaças bovinas para exportação. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. vol.65 n.4, 2013.

MORETRO, T.; LANGSRUD, S. Listeria monocytogenes: biofilm formation and persistence in food-processing environments. Biofilms, v. 1, n. 2, p. 107- 121, 2004.

NALÉRIO, É.S.; ARAÚJO, M.R. de; MENDONÇA,K.S.; BASSANI, M.T.; SILVA W.P. da. Listeria monocytogenes: monitoramento desse perigo biológico na cadeia produtiva de frangos do sul do Rio Grande do Sul. Revista Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, 29(3): 626-630, jul.-set. 2009

PERES, N. D. Detecção de Listeria monocytogenes em leite: Sensibilidade e Especificidade da técnica de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR). 2007. 43f. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária)- Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2007.

QUINN, P. J.; MARKEY, B. K.; CARTER, M. E.; DONNELY, W. J.; LEONARD, F. C. Família enterobacteriaceae. Microbiologia veterinária e doenças infecciosas. Porto Alegre: Artmed, 2005. Cap. 18, p. 115-130.

ROÇA, R. O. Microbiologia da carne. Unesp, Campus de Botucatu, 2004. Disponível em: http://www.fca.unesp.br/outros/tcarne/tecarne.htm. Acesso em: 23.nov. 2013.

SAMULAK,RENATA LOUIZE. Monitoramento via pcr de salmonella spp. No processamento de carne suína. 2013. 65 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Ponta Grossa, 2013.

SANTOS, A.; LOURENÇO, D.; FERREIRA, S.; PITA, N.; CABETE, A. Ondas de ultra-sons. Disponível em < http://www.esac.pt/noronha/pga/0910/trabalho_mod2/Ultra_sons_PGA_turma_2.pdf>. Acesso em 28 out. 2013.

SASAHARA, K. C.; ZOTTOLA, E. A. Biofilm formation by Listeria monocytogenes utilizes a primary colonizing microorganism in flowing systems. Journal of food protection, v. 56, n.112, p.1022-1028, 1993.

SCHITTLER, L. Caracterização molecular e sorotipificação de Listeria monocytogenes e Listeria innocua isoladas em matadouro - frigorífico de suínos da região das Missões – RS. 2005. 45f. Dissertação(Mestrado em Ciências), Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2005.

SILVA JUNIOR, E. A. Manual de controle higiênico-sanitário em alimentos, 1º edição – São Paulo: Livraria Varela, 2001.

SILVEIRA, J.G. Investigação de Listeria sp. e micro-organismos mesófilos totais em carcaças bovinas e em ambiente industrial de abatedouro. 2010. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola e do Ambiente) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2010.

SWAMINATHAN, B; GERNER-SMIDT, P. Forum: The epidemiology of human listeriosis. Microbiology and Infectiology, v.9, p.1236-43, 2007.

TAKHISTOV, P.; GEORGE, B. Early events and pattern formation in listeria monocytogenes biofilmes. Biofilms, v.1, p.351-359, 2004.

THEVENOT, D.; DERBURG, A.; VERNOZY-ROZAND, C. An updated review of Listeria monocytogenes in the pork meat industry and its products. Journal of Applied Microbiology, v.101,p. 7–17, 2006.

VARNAM, A. H. Foodborne pathogens. St. Louis: mosby year book, 1991. 557 p.

VÁZQUEZ-SALINAS, C.; RODAS-SUÁREZ, O.; QUIÑONES-RAMÍREZ, E. I. Occurrence of listeria species in raw milk in farms on the outskirts of Mexico City. Food microbiology, v. 18, n. 2, p. 177-181, 2001.

VON LAER, A., Mapeamento da contaminação por Listeria monocytogenes em uma planta de processamento de lingüiça mista frescal através de sorologia e PFGE. Pelotas, 2004.79f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) – Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2004.




DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v4i5.500

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. [email protected]