Terpenos com aplicação cardiovascular

Américo Azevedo de Souza, Sheyla Alves Rodrigues, José Evaldo Rodrigues de Menezes Filho, Carla Maria Lins de Vasconcelos, Mairim Russo Serafini, Lucindo José Quintan Junior, Charles dos Santos Estevam

Resumo


O uso de plantas medicinais como alternativa terapêutica é tão antigo quanto a própria existência humana. Desta maneira, a procura por moléculas com efetividade para aplicações cardiovasculares é uma alternativa para as pesquisas farmacológicas. Nesta gama de moléculas estão inseridos os terpenos, constituintes de óleos essenciais que estão contidos em todos os órgãos das plantas e que apresentam diversas aplicações farmacológicas, inclusive propriedades cardiovasculares. Assim, o objetivo desse trabalho foi realizar uma triagem nos depósitos de patentes sobre a aplicação cardiovascular de terpenos até o momento. Para isso, a prospecção foi realizada no Escritório Europeu de Patentes, na Organização Mundial de Propriedade Intelectual, no Escritório Americano de Marcas e Patentes e no Instituto Nacional de Propriedade Industrial do Brasil. O maior número de pedidos de patentes encontrados foi no Escritório Americano de Marcas e Patentes. Os maiores depositantes foram Estados Unidos e China. Os maiores requerentes de propriedade intelectual foram empresas e pessoas físicas. O Brasil não apresentou pedido de registro de patente. A classificação internacional que mais ocorreu nessa prospecção foi a A61K.


Texto completo:

PDF

Referências


AKINMOLADUN, A. C.; OLALEYE, M. T.; FAROMBI, E. O. Cardiotoxicity and Cardioprotective effects od African Medicianl Plants. Toxicologiacl survey of African medicinal plants, v.1, n.1 p.395-421, 2014.

ALMEIDA, R. A.; AGRA, M.F.; MAIOR, F. N. S.; SOUSA, D.P. Essential oils and their constituents: Anticonvulsivant activity: a review. Molecules, v. 16, p.2726-2742, 2011.

AYDIN, Y.; KUTLAY, O.; ARI, S.; DUMAN, S.; UZUNER, K.; AYDIN, S. Hypotensive effects of carvacrol on the blood pressure of normotensive rats. Planta Medical, v. 73, p.1365-1371, 2007.

BASTOS, J. F.; MOREIRA, I. J.; RIBEIRO, T. P.; MEDEIROS, I. A.; ANTONIOLLI, A. R.; SOUSA, D. P.; SANTOS, M.R. Hypotensive and vasorelaxant effects of citronellol, a monoterpene alcohol, in rats. BasicalClinical Pharmacology and Toxicology, v. 106, p.331-337,2010.

CERQUEIRA, S. V. S.; GONDIN, A. N. S.; ROMAM-CAMPOS, D.; CRUZ, J. S.; PASSOS, A. G. S; LAUTON-SANTOS, S.; LARA, A.; GUATIMOSIN, S.; CONDE-GARCIA, E.A.;OLIVEIRA, E.D.; VASCONCELOS, C. M. L. R-(+)-pulegoneimpairs Ca+ homeostasis and causes negative inotropism in mammalianmyocardium. European Journal of Pharmacology, v. 672, p.135-142, 2011.

GIELEN, S.; LANDMESSER, U. The year in cardiology 2013: cardiovascular disease prevention. European heart journal, v.35, p. 307-312, 2014.

LOZANO, R., et al. Global and regional mortality from 235 causes of death for 20 age groups in 1990 and 2010: a sistematic analysis for the Global Burden of Disease Study 2010. Lancet, v. 380, n. 9859, p. 2095 – 2128, 2012.

MAGALHÃES, P. J. C.; CRIDDLE, D. N.; TAVARES, R. A.; MELO, E. M.; MOTA, T. L.; LEAL-CARDOSO, J. H. Intestinal myorelaxant and antispasmodic effects of the essential oil of Croton nepetaefolius and its constituents cineole, methyl-eugenol and terpineol. Phytotherapy Research, v. 12, p. 172-177, 1998.

MATICH, A. J.; BUNN, B. J.; COMESKEY, D. J; HUNT, M. B.; ROWAN, D. D. Chirality and biosynthesis of lilac compounds in Actinidiaargutaflowers. Phytochemistry,v. 68, p.1746-1751, 2007.

PEIXOTO-NEVES, D.; SILVA-ALVES, K. S.; GOMES, M. D.; LIMA, F. C.; LAHLOU, S.; MAGALHÃES, P. J.; CECCATTO, V. M.; COELHO-DE-SOUZA, A. N.; LEAL-CARDOSO, J. H. Vasorelaxant effects of the monoterpenic phenol isomers, carvacrol and thymol, on rat isolated aorta. Fundamental Clinical Pharmacology, v. 24, p.341-350, 2010.

SANTOS, M. R. V.; MOREIRA, F. V.; FRAGA, B. P.; SOUSA, D. P.; BONJARDIN, L. R.; QUINTANS-JUNIOR, L. J. Cardiovascular effects of monoterpenes: a review. Brazilian Journal of Pharmacognozy, v. 21, n. 4, p.764-771, 2011.

SILVA, R.; MEDEIROS-FILHO, A. R.;PIRES, E. A.; SANTOS, A. B. Análise da evolução dos indicadores de produção científica e de produção tecnológica na Universidade Federal de Sergipe. RevistaGeintec, v. 3, n.5, p. 13-32, 2013.

SIQUEIRA, R.J.B.; MAGALHÃES, P.J.C.; LEAL-CARDOSO, J.H.; DUARTE, G.P.; LAHLOU, S. Cardiovascular effects of the essential oil of Croton zentnerileaves and its main constituents, anethole and estragole, in normotensive conscious rats. Life Sciences, v. 78, p. 2365-2372, 2006.

SOUZA, M. T. S.; GUIMARÃES, A. G.; ARAÚJO, A. A. S.; QUINTANS – JUNIOR, L. J. Monoterpenos com atividade anti-inflamatória: uma prospecção tecnológica. Revista Geintec, v. 4, n. 2, p. 867-875, 2014.

TEIXEIRA, R. C.; SOUZA, R. R. O uso das informações contidas em documentos de patentes nas práticas de inteligência competitiva: apresentação de um estudo de patentes da UFMG. Perspectivas em Ciência da Informação, v.18, n. 1, p. 106-125, 2013.




DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v5i2.497

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. [email protected]