Prospecção tecnológica para biocomposito de hidroxiapatita com poliuretanos e propriedades osteoindutoras

Francisco Xavier Nobre, José Milton Elias de Matos, Maria Rita de Morais Chaves Santos

Resumo


Os biopolimeros são macromoléculas que basicamente não agridem o meio ambiente no processo de degradação, e que apresentam características que os tornam viáveis no processo de reconstituição de tecido, liberação de fármacos, produção de embalagens para alimentos dentre outras. Os poliuretanos (PU) são polímeros que dentre outros mecanimos de obtenção, podem ser sintetizados utilizando óleos vegetais e gorduras animais como materiais de partida, e que ao longo dos anos têm sido descritos como promissor na produção de próteses para diversas finalidades. Ao combinar polímeros com bioceramicas, biovidros ou similares as características combinam-se a fim de obter biomateriais que apresentem capacidade de ser atribuídos a sistemas biológicos, de tal forma que aumente a velocidade de reconstituição e sustentação principalmente do tecido ósseo. Com isso, o objetivo deste trabalho foi avaliar por meio de competências tecnológicas e artigos relacionados a materiais constituidos basicamente de hidroxiapatita com poliuretano e caracteristicas osteoindutoras no intervalo de anos entre 2000 à 2014. Os resultados descrevem que, o país que mais se destaca em quantidade de patentes depositadas relacionando todas as palavras chave é a China, seguida pela República da Coréia, e que a classificação internacional que mais teve frequência nas competências foi a que relaciona necessidades humanas (A).

Palavras Chave: Hidroxiapatita; Poliuretano; Osteoindutor.

 


Texto completo:

PDF

Referências


SHIRANE, H. Y.; Oda, D. Y.; PINHEIRO, T. C.; CUNHA, M. R. Implantes de biomateriais em falha óssea produzida na fíbula de ratos. Ver. Bras. Ortop. V.45, 478-82, 2010.

MACHADO, C. P. G.; PINTOR, A. V. B.; GRESS, M. A. K. A.; ROSSI, A. M.; GRANJEIRO, J. M.; MAIA, M. D. C. Avaliação da hidroxiapatita contendo estrôncio como substituto ósseo em tíbias de ovelhas. Innov. Implant. J. Biomater Esthet, v. 5, p. 9-14, 2010.

COUTINHO, F. M. B.; DELPECH, M. C. Poliuretanos como materiais de revestimento e superfície. Polímeros: Ciência e Tecnologia, 1999.

GALDINO, A. S. S.; ZAVAGLIA, C. A. C. Caracterização físico-mecânica de compósitos porosos de hidroxiapatita-titânia confeccionados pelo método da esponja polimérica. Cerâmica v. 58, p 388-392, 2012.

QUINTELA, C.M., C.M., TEIXEIRA, L.S.G., KORN M.G.A., NETO, P.R.C., TORRES, E.A., CASTRO, M., JESUS, C.A.C., 2009. Cadeia do Biodiesel da Bancada à Indústria: uma visão geral com prospecção de tarefas e oportunidades para P&D&I, Quimica Nova, Ed. Especial, abril 2009.




DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v6i1.476

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. [email protected]