Geração de valor sustentável: estudo de caso em uma empresa automotiva brasileira

Eliana Andréa Severo, Julio Cesar Ferro de Guimarães

Resumo


A geração de valorsustentável abarca diversas ações em prol da organização, dos acionistas, doscolaboradores, do meio ambiente e da comunidade local. Para tanto, este estudovisa verificar a geração de valor sustentável, ocasionada pela adoção da gestãoambiental e a responsabilidade social em uma empresa Automotiva. A metodologiautilizada tratou-se de uma pesquisa qualitativa e descritiva sob o escopo de umestudo de caso. Os resultados destacam que a adoção de práticas ambientais eações sociais propiciou a geração de valor sustentável para a empresa. Nestesentido, a organização é economicamente sustentável e competitiva, pois exportaseus produtos para diversos continentes, é também socialmente responsável eambientalmente correta, pois desenvolve ações sociais para colaboradores e acomunidade, assim como trata adequadamente todos os resíduos gerados,ocasionando um menor impacto ambiental.

Texto completo:

PDF

Referências


AMALADOSS, M. X.; MANOHAR, H. L. Communicating corporate social responsibility - a case of CSR Communication in emerging economies corporate. Social Responsibility and Environmental Management, v. 20, n. 2, p. 65-80, 2013.

ARAÑA, J. E.; LEÓN, C. J. Dynamic hypothetical bias in discrete choice experiments: Evidence from measuring the impact of corporate social responsibility on consumers demand. Ecological Economics, v. 87, p. 53-61, 2013.

ASHLEY, P. A. Ética e responsabilidade social nos negócios. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2005.

AYRES, R. U. Industrial metabolism and global change. International Social Science Journal, v. 121, 1989.

BARBIERI, J. C.; VASCONCELOS, I. F. G.; ANDREASSI, T.; VASCONCELOS, F. V. Inovação e sustentabilidade: modelos e proposições. RAE, v. 50, n. 2, p. 146-154, abr/jun 2010.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2004.

BELU, C.; MANESCU, C. Strategic corporate social responsibility and economic performance. Applied Economics, v. 45, n.19, p. 2751-2764, 2013.

BRASIL. PNMA – POLÍTICA NACIONAL DE MEIO AMBIENTE. Lei nº 10.165 de 27 de dezembro de 2000. Altera a Lei no 6.938, de 31 de agosto de 1981. Brasília - DF, 27 de dezembro de 2000.

CANTER, L. W. Environmental impact assessment. 2.ed. New York: McGraw-Hill, 1996.

CHERTOW, M. R. Unconvering industrial symbiosis. Journal of Industrial Ecology, New Haven, v. 1, n. 1, p. 11-30, 2007.

CNTL – Centro Nacional de Tecnologias Limpas. SENAI. 2013. Disponível em: . Acesso em abril de 2013.

COPPA, M.; SRIRAMESH, K. Corporate social responsibility among SMEs in Italy. Public Relations Review, v. 39, n. 1, p. 30-39, 2013.

CORAZZA, R. I. Gestão ambiental e mudança na estrutura organizacional. Revista de Administração de Empresas (RAE-Eletrônica), São Paulo, v. 2, n. 2, p. 1-23, 2003.

DAVID, F.; ABREU, R.; PINHEIRO, O. Local action groups: Accountability, social responsibility and law. International Journal of Law and Management, v. 55, n. 1, p. 5-27, 2013.

GASBARRO, F.; RIZZI, F.; FREY, M. The mutual influence of Environmental Management Systems and the EU ETS: Findings for the Italian pulp and paper industry. European Management Journal, v. 31, n. 1, p. 16-26, 2013.

GIBBS, G. Análise de dados qualitativos. Porto Alegre: Bookman, 2009.

GONZÁLEZ-BENITO, J. G.; GONZÁLEZ-BENITO, O. G. A review of determinant factors of environmental proactivity. Business Strategy and the Environment, v.15, p. 87-102, 2006.

HART, S. L.; MILSTEIN, M. B. Criando valor sustentável. GV-executivo, v. 3, n. 2, maio-jul 2004.

HERGHILIGIU, I. V.; LUPU, M. L.; ROBLEDO, C. Necessity of change environmental management system architecture – introduction. Quality - Access to Success, v. 13, (SUPPL.5), p. 175-178, 2012.

HOFMANN, K. H.; THEYEL, G.; WOOD, C. H. Identifying Firm Capabilities as Drivers of Environmental Management and Sustainability Practices - Evidence from Small and Medium-Sized Manufacturers. Business Strategy and the Environment, v. 21, n. 8, p. 530-545, 2012.

INSTITUTO ETHOS. Disponível em: < http://www3.ethos.org.br/conteudo/gestao-socialmente-responsavel/ >. Acesso em: 13 mar. 2014.

IOPPOLO, G.; SAIJA, G.; SALOMONE, R. From coastal management to environmental management: The sustainable eco-tourism program for the mid-western coast of Sardinia (Italy). Land Use Policy, v. 31, p. 460-471, 2013.

MAFTEI, M.; CONSTANTINESCU, C.; COJOCEA, B. I. Environmental management system audit in the current economic context. Quality - Access to Success , v. 14, p. 544-546, 2013.

MALHOTRA, N. K.; ROCHA, I.; LAUDISIO, M. C.; ALTHEMAN, É.; BORGES, F. M. Introdução à pesquisa de marketing. São Paulo: Prentice Hall, 2005.

MICHELON, G.; BOESSO, G.; KUMAR, K. Examining the link between strategic corporate social responsibility and company performance: an analysis of the best corporate citizens. Corporate Social Responsibility and Environmental Management, v. 20, n. 2, p. 81-94, 2013.

MORETTI, S.L. A.; LIMA, M. C.; CRNKOVIC, L. H. Gestão de resíduos pós-consumo: avaliação do comportamento do consumidor e dos canais reversos do setor de telefonia móvel. Revista de Gestão Social e Ambiental - RGSA, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 03-14, jan./abr., 2011.

OMORI, A. E.; AKPAMA, S. I.; AJAKE, U. E. Investing in the education of women: A determinant for effective environmental management. International Journal of Diversity in Organisations, Communities and Nations, v. 11, n. 4, p. 1-10, 2012.

PORTER, M.; KRAEMER, M. R. The competitive advantage of corporate philanthropy. Harvard Business Review, v. 80, n. 12, p. 56-68, Dec. 2002.

SEVERO, E. A. Inovação e sustentabilidade ambiental nas empresas do Arranjo Produtivo Local Metalmecânico Automotivo da Serra Gaúcha. 2013, 234 p. Tese (Doutorado em Administração). Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade de Caxias do Sul – UCS, Caxias do Sul, 2013.

SEVERO, E. A.; DORION, E.; OLEA, P. M.; CAMARGO, M. E.; NODARI, C. H.; CRUZ, M. R. Cleaner Production: Cases of the Metal-Mechanic Automotive Cluster of Serra Gaúcha, Brazil. African Journal of Business Management, v. 6, p. 10232-10237, 2012.

SIMECS – SINDICATO DAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE CAXIAS DO SUL. Disponível em: . Acesso em: 17 jul. 2012.

ŠTĚPÁNKOVÁ, E. Decision making about the use of environmental management tools for organization image building. Croatian Journal of Education, v. 14, p. 175-180, 2012.

TUDOR, F. Environmental management activities. Quality - Access to Success, v. 14, p. 124-128, 2013.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

YORK, R.; ROSA, E. A.; DIETZ, T. Footprints on the earth: the environmental consequences of modernity. American Sociological Review, v. 68, n. 2, p. 279-300, 2003.

WARTICK, S.; COCHRAN, P. The evolution of the corporate social performance model. Academy of Management Review, v. 10, n. 4, p. 758-768, 1985.




DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v4i3.426

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. [email protected]