Spin-off acadêmico como mecanismo de transferência de tecnologia da universidade para a empresa

Gelso Pedrosi Filho, Arnaldo Fernandes de Matos Coelho

Resumo


As universidades estão ampliando suas funções e contribuindo cada vez mais para o desenvolvimento econômico local através da transferência de conhecimento e tecnologia para a aplicação prática. Há um grande interesse entre políticos e acadêmicos na geração de riquezas a partir de pesquisas financiadas com recursos públicos. Uma das maneiras de se fazer isto é através da criação de spin-offs acadêmicos, isto é, empresas criadas para explorar uma propriedade intelectual gerada através de pesquisas desenvolvidas em universidades públicas. Essas mudanças no ambiente acadêmico representam um grande desafio para as universidades, pois tradicionalmente inseridas num ambiente não comercial, elas agora se vêem num contexto altamente competitivo que as forçam a se comportarem como se fossem empresas. Este estudo objetiva realizar uma reflexão sobre os spin-offs acadêmicos, apresentando sua conceituação, alguns aspectos do processo de criação dos spin-offs acadêmicos, sua importância para o desenvolvimento econômico e social local e as principais barreiras à sua criação.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v3i4.314

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. [email protected]