Analysis of publications on innovation in journals of operations management in Brazil

Flávio Issao Kubota, Paulo A. Cauchick Miguel

Resumo


Innovation management is a criticalactivity for all companies because it supports the strategic direction, guidesthe resources allocation, provide sustainability to business, create newcapabilities and generate new knowledge, and making enterprises morecompetitive. As a consequence, research & development towards innovationhas becoming an important issue for companies which aims at achieving betterresults and competitiveness, especially in emerging markets, like in Brazil. Inthis context, this paper analyses publications on innovation that were outletof ten Brazilian journals within the scope of operations management. It aims tounderstand and point out some characteristics of the papers and identifiesresearch opportunities in the subject. This was done by verifying what has beeninvestigated in the innovation context in Brazil. The paper consists of atheoretical study to achieve a better understand concerning innovation in thecountry based on a literature analysis. The results show that although theinnovation concept was expanded few years back, most papers still address thetechnological innovation perspective, especially focused on product issues. Anotherdominant aspect concerns studies that identify and analyze innovationcharacteristics in a particular industry, such as automotive, energy, ceramics,construction, among others. Additionally, comparative studies among sectors orcompanies have been developed. Despite of these outlets it can be concludedthat there are opportunities for furter research in other innovationperspectives, such as in processes, services, marketing and organizationalprocesses. Other research gaps and perspectives in this sample of theliterature are also discussed.

Texto completo:

PDF

Referências


AFUAH, A. Innovation management: strategies, implementation and profits. New York: Oxford University Press. 2003.

ALMEIDA, L.A.; BARBOSA, J.G.P. Khort: uma idéia original. Revista de Administração e Inovação, v. 9, n. 4, p. 265-286, 2012.

ANTUNES JÚNIOR, J.A.V.; PELLEGRIN, I.; LEIS, R.P.; ZIMMER, M.V.; VACCARO, G.L.R.; LACERDA, D.P. Os processos de aprendizagem organizacional e a inovação: um estudo de caso longitudinal (1986-1995) em uma empresa do setor petrolífero brasileiro. Revista Produção Online, v. 11, n. 2, p. 526-564, 2011.

ARANDA, M.H.; JUNG, C.F.; TEN CATEN, C.S. Aplicação do Projeto de Experimentos para otimização de uma inovação tecnológica. Revista Gestão Industrial, v. 4, n. 2, p. 116-132, 2008.

ASSUNÇÃO, F.O.; SICSÚ, A.B. Capacitação, inovação local e competitividade da indústria de cerâmica vermelha no Nordeste. Revista Produção Online, v. 1, n. 1, p. 01-09, 2001.

BERTO, R.M.V.S.; NAKANO, D.N. A produção científica nos anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção: um levantamento de métodos e tipos de pesquisa. Produção, v. 9, n. 2, p. 65-76, 2000.

Cabral, J.E.O. Determinantes da Propensão para Inovar e da Intensidade Inovativa em Empresas da Indústria de Alimentos do Brasil. Revista de Administração Contemporânea, v. 11, n. 4, p. 87-108, 2007.

CALLIGARIS, A.B.; TORKOMIAN, A.L.V. Benefícios do desenvolvimento de projetos de inovação tecnológica. Produção, v. 13, n. 2, p. 21-32, 2003.

CAUCHICK MIGUEL, P.A. Metodologia de Pesquisa em Engenharia de Produção e Gestão de Operações. Rio de Janeiro: Elsevier. 2010.

COOPER, R.; EDGETT, S.; KLEINSCHMIDT, E. Portfolio management for new product development: results of a industry practice study. R&D Management, v. 31, n. 4, p. 361-379, 2001.

CORAL, E.; OGLIARI, A.; ABREU, A.F. Gestão Integrada da Inovação: Estratégia, organização e desenvolvimento de produtos. São Paulo: Atlas. 2011.

CORMICAN, K.; O'SULLIVAN, D. Auditing best practice for effective product innovation management. Technovation, v. 24, n. 10, p. 819-829, 2004.

COSTA, D.D.; NASCIMENTO, P.T.S. A Gestão do Desenvolvimento de Produtos na Indústria de Materiais de Construção. Revista de Administração Contemporânea, v. 15, n. 1, p. 1-24, 2011.

COSTA, R.M.; MELO, P.L.R.; CARDOSO, M.V.; FERREIRA, C.E.C. Ambiente interno para inovação em uma empresa de e-commerce. Revista de Administração e Inovação, v. 9 n. 2, p. 05-30, 2012.

CROSSAN, M.M.; APAYDIN, M. A Multi-Dimensional Framework of Organizational Innovation: A Systematic Review of the Literature. Journal of Management Studies, v. 47, n. 6, p. 1154-1191, 2010.

DESS, G.G.; PICKEN, J.C. Changing roles: leadership in the 21st century. Organizational Dynamics, v. 28, n. 3, p. 18-33, 2000.

DIEGUES, A.C.; ROSELINO, J.E. Dinâmica concorrencial e inovação em atividades de alta tecnologia: uma análise das indústrias de equipamentos de informática e semicondutores. Gestão & Produção, v. 19, n. 3, p. 481-492, 2012.

DUDZIAK, E.A.; PLONSKI, G.A. Lei de Inovação e pesquisa acadêmica. Revista Gestão Industrial, v. 4, n. 1, p. 01-18, 2008.

FRANÇA JUNIOR, N.R.; FRASSON, A.C. Lei de Incentivo ao Esporte: uma forma de inovação tecnológica na captação de recursos financeiros para o esporte no município de Ponta Grossa - Panorama 2000-2009. Revista Gestão Industrial, v. 6, n. 3, p. 203-217, 2010.

GOMES, C.M.; KRUGLIANSKAS, I. Indicadores e Características da Gestão de Fontes Externas de Informação Tecnológica e do Desempenho Inovador de Empresas Brasileiras. Revista de Administração Contemporânea, v. 13, n. 2, p. 172-188, 2009.

GONÇALVES-DIAS, S.L.F.; GUIMARAES, L.F.; SANTOS, M.C.L. Inovação no desenvolvimento de produtos "verdes": integrando competências ao longo da cadeia produtiva. Revista de Administração e Inovação, v. 9, n. 3, p. 129-153, 2012.

HBE − Harvard Business Essentials. Managing creativity and innovation. Harvard Business School Press, Boston, Massachusets. 2003.

LEITE, L.F.; DUTRA, L.E.D.; ANTUNES A.M.S. Desenvolvimento tecnológico na indústria do petróleo: o ambiente organizacional e seus aspectos habilitadores e inibidores da inovação. RAUSP, v. 41, n. 3, p. 301-314, 2006.

LINDER, J.C.; JARVENPAA, S.L.; DAVENPORT, T.H. Toward an innovation sourcing strategy. MIT Sloan Management Review, v. 44, n. 4, p. 43-52, 2003.

LÓPEZ-MIELGO, N.; MONTES-PEÓN, J.M.; VÁZQUEZ-ORDÁS, C.J. Are quality and innovation management conflicting activities? Technovation, v. 29, n. 8, p. 537-545, 2009.

MACÊDO, N.M.M.N.; BARROS, R.A.; CÂNDIDO, G.A. Avaliação dos processos de aprendizagem e cooperação para inovação: um estudo comparativo entre indústrias de cachaça do brejo paraibano. Revista Gestão Industrial, v. 7, n. 4, p. 226-245, 2011.

MALACHIAS, C.S.; MEIRELLES, D.S. Regime tecnológico, ambiente de inovação e desempenho empresarial no setor de serviços: um estudo exploratório das empresas de tecnologia da informação. Revista de Administração e Inovação, v. 6, n. 2, p. 58-80, 2009.

MARCOVITCH, J.; SBRAGIA, R.; STAL, E.; TERRA, J.C.C. Inovação tecnológica e incentivos fiscais. RAUSP, v. 26, n. 1, p. 43-60, 1991.

MONE, M.A.; MCKINLEY, W.; BARKER, V.L. Organizational decline and innovation: a contingency framework. Academy of Management Review, v. 23, n. 1, p. 115-132, 1998.

MOREIRA, M.F.; VARGAS, E.R. Quando o Governo é o mercado: compras governamentais e inovação em serviços de software. Revista de Administração e Inovação, v. 9, n. 2, p. 160-181, 2012.

MORETTI, S.L.A.; MOYSÉS FILHO, J.E.; PEREIRA, R.D.A. Inovação no desenvolvimento de produto para o mercado de sobremesas prontas: o caso da Laffriolée. Revista de Administração e Inovação, v. 7, n. 1, p. 22-40, 2010.

NASCIMENTO, P.T.S.; OIH YU, A.S.; SOBRAL, M.C. As Orientações Estratégicas da Inovação em Produtos Populares. Revista de Administração Contemporânea, v. 12, n. 4, p. 907-930, 2008.

OECD − Organization for Economic Co-Operation and Development. Oslo manual: guidelines for collecting and interpreting innovation data. 3ed. European Comission: OECD. Available at: www.oecd.org/sti/oslomanual. 2005. Acessed: nov. 2012.

PELLEGRIN, I.; BALESTRO, M.V.; ANTUNES JÚNIOR, J.A.V.; CAULLIRAUX, H.M. Redes de inovação: construção e gestão da cooperação pró-inovação. RAUSP, v. 42, n. 3, p. 313-325, 2007.

PEREIRA, J.M.; KRUGLIANSKAS, I. Lei de Inovação Tecnológica: instrumento efetivo de incentivo a inovação e a pesquisa no Brasil? Revista Gestão Industrial, v. 2, n. 2, p. 98-114, 2006.

PERIN, M.G.; SAMPAIO, C.H.; FALEIRO, S.N. O Impacto da Orientação para o Mercado e da Orientação para Aprendizagem sobre a Inovação de Produto: uma Comparação entre a Indústria Eletroeletrônica e o Setor de Ensino Universitário de Administração. Revista de Administração Contemporânea, v. 8, n. 1, 79-103, 2004.

PINHEIRO, I.A. Fatores do clima organizacional que são motivadores para a inovação tecnológica em um centro de tecnologia. REAd – Revista de Administração da UFRGS, v. 8, n. 5, p. 1-22, 2002.

PINTO, S.R.R.; MAISONNAVE, P.R. Inovação e investimentos no setor elétrico brasileiro sob a ótica de gestores de P & D. Revista de Administração e Inovação, v. 9, n. 3, 04-27, 2012.

QUINELLO, R. Um ensaio sobre os efeitos colaterais da inovação. Revista Produção Online, v. 9, n. 2, p. 383-397, 2009.

RODRIGUES, L.C.; RECHZIEGEL, W.; ESTEVES, G.; FERNANDES, M.P. Inteligência competitiva como inovação nos processos de negócio. Revista de Administração e Inovação, v. 9, n. 4, p. 245-264, 2012.

ROZENFELD, H.; FORCELLINI, F.A.; AMARAL, D.C.; TOLEDO, J.C.; SILVA, S.L.; ALLIPRANDINI, D.H.; SCALICE, R.K. Gestão de desenvolvimento de produtos: uma referência para a melhoria do processo. São Paulo: Saraiva. 2006.

SCHOLTISSEK, S. Excelência em inovação: como criar mercados promissores nas áreas de energia e recursos naturais. Rio de Janeiro: Elsevier. 2012.

SILVESTRE, B.S.; DALCOL, P.R.T. Aglomeração industrial de petróleo e gás da região produtora da Bacia de Campos - sistema de conhecimento, mudanças tecnológicas e inovação. RAUSP, v. 43, n. 1, p. 84-96, 2008.

TUSHMAN, M.L.; O’REILLY, C.A. Ambidextrous organizations: managing evolutionary and revolutionary change. California Management Review, v. 38, n. 4, p. 08-30, 1996.

VILHA, A.M.; QUADROS, R. Gestão da inovação sob a perspectiva do desenvolvimento sustentável: lições das estratégias e práticas na indústria de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos. Revista de Administração e Inovação, v. 9, n. 3, p. 28-52, 2012.

YANEZ, M.; KHALIL, T.M.; WALSH, S.T. IAMOT and Education: Defining a Technology and Innovation Management (TIM) Body-of-Knowledge (BoK) for graduate education (TIM BoK). Technovation, v. 30, n. 7-8, p. 389-400, 2010.

ZEN, A.C.; FRACASSO, E.M. Recursos, competências e capacidade de inovação: um estudo de múltiplos casos na indústria eletro-eletrônica no Rio Grande do Sul. Revista de Administração e Inovação, v. 9, n. 4, p. 177-201, 2012.

ZHANG, H.; KO, E.; LEE, E. Moderating effects of Nationality and Product Category on the Relationship between Innovation and Customer Equity in Korea and China. Journal of Product Innovation Management, v. 30, n. 1, p. 110-122, 2012.




DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v4i2.254

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. revistageintec@gmail.com