Microemulsões como sistemas de liberação de fármacos para a via transdérmica: uma prospecção tecnológica

Kayo Alves Figueiredo, Rosana Mírian Barros Mendes, André Luis Menezes Carvalho, Rivelilson Mendes Freitas

Resumo


Nos últimos anos, inúmeras estratégias vem sendo utilizadas para promover a penetração cutânea de fármacos e estas vem sendo protegidas por patentes. Sistemas de liberação de fármacos (SLF), como as microemulsões, possuem inúmeras vantagens, como aumento da solubilização e do transporte extravascular e transdérmico de princípios ativos. Esta prospecção tecnológica objetiva realizar um levantamento nas principais bases de patentes de SLF que contenham microemulsões para uso transdérmico. Os principais documentos de patentes encontrados foram oriundos de pesquisas nos Estados Unidos e na China. Não foi encontrada nenhuma patente de origem brasileira. Fármacos de diversas classes terapêuticas foram encontrados na busca nas bases de dados, com predomínio dos AINES. Os novos SLF, como as microemulsões, são um campo de pesquisa em potencial para as Universidades e Centros de Pesquisa do país, tendo em vista que o Brasil vem incentivando e financiando a busca de novas tecnologias, principalmente na área de nanotecnologia farmacêutica.

Palavras-chave: nanotecnologia; patentes; microemulsão; transdérmico.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v3i4.186

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. [email protected]