Avaliação da qualidade física e química de Cajuí (Anacardium spp.) Na região meio-norte: uma prospecção tecnologica

Sulimary Oliveira Gomes, Valdomiro Aurélio Barbosa de Souza, Maria do Perpetuo Socorro Damasceno Costa, Crisley Cristina Pereira da Silva, Ellen de Moura Vale, Mônica de Sousa, João Paulo de Brito Souza

Resumo


O cajuizeiro (Anacardium spp.) encontra-se entre as espécies de fruteira nativa com potencial para ser explorado na região Nordeste. Essa espécie ainda não é domesticada, deste modo, os estudos devem ser ampliados, principalmente, quanto sua caracterização, cultivo, conservação e beneficiamento, já que se trata de uma atividade potencialmente geradora de renda, sobretudo nas áreas de ocorrência. Diante do exposto, este trabalho teve como objetivo realizar a avaliação da qualidade física e química de cajuís (castanha e pedúnculo) obtidos na área da Embrapa Meio-Norte, em Teresina, PI. Coletaram-se frutos maduros no período da safra e analisaram-se as seguintes características: peso médio do pedúnculo (PMP); comprimento do pedúnculo (CP); diâmetro médio do pedúnculo (DMEDP); relação CP/DMEDP; peso médio da castanha (PMC); relação PMC/PMP; sólidos solúveis totais (SST); acidez total titulável (ATT); e relação SST/ATT. Conforme os resultados obtidos no estudo de avaliação da qualidade física e química em cajuís, foi verificado que existe uma vasta variabilidade fenotípica no germoplasma estudado. A grande maioria dos genótipos apresenta PMC < 3,33 g, sendo, portanto, classificada como cajuís de acordo com classificação da indústria de processamento de castanha de caju. Foi verificado também que, os genótipos G-7, G-6, G-1 e G-14 são apropriados para aproveitamento in natura. Por fim, o cajuizeiro apresenta-se como uma fruteira nativa bastante promissora, sobretudo na região Nordeste do país. Palavras-chave: fruteira nativa; recursos genéticos; fitotecnia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v3i3.174

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. [email protected]