Incubação de Empresas: O Caso da Valle Viver Organic

Ruama Patrícia Barbosa Sena, Jeane Souza Silva, Rosemary Barbosa Melo, Vivianni Marques Leite Santos

Resumo


As incubadoras de empresas são de grande importância no fomento do empreendedorismo, propiciando infraestrutura, treinamento para experimentação de ideias e para formação de empreendedores.  Este estudo teve como objetivo relatar as etapas do processo de incubação da empresa Valle Viver Organic na incubadora ISA do IF- Sertão Pernambucano, campus Petrolina Zona Rural, desde a idealização até o mercado. A metodologia utilizada foi a de estudo de caso, com a análise documental tendo como objeto de análise, a empresa Valle Viver Organic. A pesquisa concluiu que foram realizadas as seguintes etapas: : idealização da empresa, familiarização com o funcionamento da Incubadora, elaboração do plano de negócio, defesa da ideia, aprovação, assinatura do termo, treinamento, capacitação, exposição da empresa, formação de networks e inserção no mercado. Ressalta-se que os resultados podem constituir estímulo para novas incubadas e referência para comparação com modelos ou processos utilizados em outras incubadoras.


Palavras-chave


Incubadora de Empresas; Empreendedorismo; Orgânicos; Mercado.

Texto completo:

PDF

Referências


Referências

ALENCAR, L. H.; ALMEIDA, A. T.; MOTA, C. M. M. Sistemática proposta para seleção de fornecedores em gestão de projetos. Gestão & Produção, São Carlos, v. 14, n. 3, set./dez. 2007. Disponível em: . Acesso em:

mai. 2008.

ANPROTEC, SEBRAE. Estudo de impacto econômico: segmento de incubadoras de empresas Brasil / Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores. – Brasília, DF, 2016. http://www.anprotec.org.br/Relata/18072016%20Estudo_ANPROTEC_v6.pdf , Acesso em 23 nov. 2019.

ALMEIDA, M. The evolution of the incubator movement in Brazil. International Journal of Technology and Globalisation, v. 1, n. 2, p. 258-277, 2005. https://www.researchgate.net/publication/240296105_The_evolution_of_the_incubator_movement_in_Brazil , Acesso em: 30/04/2018.

EKZTOWITZ, H.; MELLO, J. M. C.; ALMEIDA, M. Towards “meta-innovation” in Brazil: the evolution of the incubator and the emergence of a triple helix. Research Policy, v. 34, n. 4, p. 411-424, 2005.

LALKAKA, R.; BISHOP JUNIOR, J. L. Parques tecnológicos e incubadora de empresas: o potencial de sinergia. In: GUEDES, F.; FORMICA, P. A economia dos parques tecnológicos. Rio de Janeiro: ANPROTEC, 1997. p.59-96.

MOURA, T. L. de: Formatos de varejo de alimentos: um estudo sobre as preferências do consumidor. Dissertação de Mestrado em Engenharia da produção. São Paulo. UFSCar. 2005.

ORGANIC, VALLE VIVER; Relatório Gerencial anual da empresa Valle Viver Organic. Petrolina/PE-Brasil, 2017.

OLIVEIRA, P. H. De; FERNANDES, A. C. T. Os Períodos de Incubação e Pós-Incubação das Empresas de Base Tecnológica Sob a Ótica do Gestor da Incubadora: Benefícios, Dificuldades e Diferenciais. Revista Livre de Sustentabilidade e Empreendedorismo, v. 3, n. 1, p. 176-204, jan-fev, 2018. ISSN: 2448-2889

SANTANA, A. A. de; Silva, J. S. da; Rodrigues, P. de S. ; Melo, R. B. de. Acompanhamento e Assessoramento da implantação de incubadora de empreendimentos agrícolas e solidários. INCUBAES. COINTER – PDVGAgro-2017. https://cointer-pdvagro.com.br/wp-content/uploads/2018/02/ACOMPANHAMENTO-E-ASSESSORAMENTO-DA-IMPLANTA%C3%87%C3%83O-DE-INCUBADORA-DE-EMPREENDIMENTOS-AGR%C3%8DCOLAS-E-SOLID%C3%81RIOS-INCUBAES.pdf , Acesso em 23 de nov. De 2019.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS. Programa SEBRAE SP de Incubadoras de Empresas: Manual de Procedimentos. Disponível em http://www.sebraesp.com.br/arquivos_site/parcerias/ . 2012. Acesso em: 30 de abr. de 2018.

SILVA, Gabriela M. Bezerra. A importância da internet como ferramenta estratégica para o negócio da empresa. Revista Gestão em Foco - Edição nº 9 – Ano: 2017.

SILVA, SILVANA ALVES DA. A relevância da incubação de empresas no mundo contemporâneo. Ponto-e-vírgula, 2009.

TONHOLO, J. & PIRES, S. O. (orgs.). Caminhos para o sucesso em incubadoras e parques tecnológicos. Brasília: ANPROTEC & SEBRAE, 2005.

TORRES, C. A Bíblia do marketing digital: tudo o que você queira saber sobre marketing e publicidade na internet e não tenha a quem perguntar. São Paulo: Novatec Editora, 2009.

VILELA, N. J.; RESENDE, F. V.; GUIDUCCI FILHO, E., SAMINÊZ, T. C., VALLE, J. C. V. Agroecologia e Mercado. Portal agricultura familiar. Disponível em:www.agroecologia.inf.br acessado em: 03 de dez. 2017.

YIN,R. K. Estudo de caso: Planejamento e métodos. 2. Ed. Porto Alegre. 2015.




DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v10i4.1464

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. [email protected]