Systematic proposal for improving the fuel supply surveillance in Brazil: Application to a real case

Gilberto de Araújo Brandão Couto, Osvaldo Luiz Gonçalves Quelhas, Rodrigo Goyannes Gusmão Caiado, Adriane Domingues Quelhas

Resumo


Este artigo tem como objetivo propor uma sistemática para melhoria do Processo de Fiscalização do Abastecimento de Combustíveis, fósseis ou não, realizado pela agência reguladora responsável pela regulação do setor de Óleo & Gás no Brasil (Agencia Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP). Para tanto, foi realizada uma abordagem qualitativa por meio de entrevistas com caráter exploratório e descritivo, a partir da estratégia de pesquisa estudo de caso. Os resultados mostram a necessidade de aumento da velocidade de comunicação entre os integrantes do processo “Verificação da Conformidade do Produto à Regulamentação Técnica”, publicada pelo órgão regulador, e os integrantes do processo finalístico “Fiscalização do Abastecimento de Combustíveis” que vão a campo com os dados de conformidade. Com base nisso, a sistemática de melhoria proposta pode ser articulada e agregada a práticas organizacionais já existentes ou na elaboração de estratégias independentes a fim de contribuir para a melhoria do processo de regulamentação do setor de petróleo, gás e biocombustíveis e constitui uma inovação na tecnologia de gestão de processo organizacional que fornece dados sobre a conformidade dos produtos coletados em ações de fiscalização.


Palavras-chave


gestão de processos de negócios; regulação; administração pública; melhoria contínua.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE PROFISSIONAIS DE GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIOS (ABPMP) – BPM CBOK: Guia para o Gerenciamento de Processo de Negócios: Corpo Comum de Conhecimento. Versão 3.0, 2013

BARDIN L. L’Analyse de contenu. Editora: Presses Universitaires de France, 1977.

BOER, F. G. Modelo de estruturação de serviços de um escritório de processos aderente ao grau de maturidade em gestão por processos. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

BPM CBOK – Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio. Corpo Comum do Conhecimento – ABPMP BPM CBOK V3.0, Association of Business Process Management Professionals, 2013.

BRASIL. Guia de Gestão de Processos de Governo. Brasília: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, 2011.

CARVALHO FILHO, J. dos S. Manual de direito administrativo. 24º ed. Revista, ampliada e atualizada até 31.12.2010. Rio de Janeiro: Lumen Júris, 2011.

CAMPBELL, D.; COWTON, C. Finding credible answers to questions that matter. BusinessEthics: A European Review, 24 (S1), S3-S10. 2015.

DAVENPORT, T. H. Reengenharia de processos: como inovar na empresa através da tecnologia da informação. Rio de Janeiro: Campus, 1994.

DIAS, R. L. P.; GUERRA, R. M. DE A.; NEUMANN, S. E.; CAMARGO, M. E. Contribuições do Balanced Scorecard para uma Empresa de Transportes da Serra Gaúcha. Revista GEINTEC. Aracaju/SE. Vol.8, n.2, p.4306-4322, abr/maio/jun – 2018 4306 D.O.I.: 10.7198/geintec.v8i2.1101

DUBEY, S. K., BANSAL, S. Critical Success Factors in Implementing BPR in a Government Manufacturing Unit - An Empirical Study. International Journal of Business and Management, 8(2), 107-124, 2013.

FLICK, U. Uma introdução à pesquisa qualitativa — um guia para iniciantes, Porto Alegre: Penso, 2013.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. São Paulo: Atlas, 1999.

GRAY, D. E. Pesquisa no Mundo Real. 2ed. Porto Alegre: penso, 2012.

HAMMER, M. Além da reengenharia: como organizações orientadas para processos estão mudando nosso trabalho e nossas vidas. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

HARMON, P. The State of Business Process Management. BP Trends, 2016.

HASHIZUME, T. K. C. Proposta de um modelo de otimização para o planejamento do refino: aplicação a um caso real. Dissertação (mestrado)–Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Departamento de Engenharia Industrial, 2014.

HUTTON, G. Business process re-engineering – a public sector view. In C. Armistead & P. Rowland (Eds.), Managing Business Processes–BPR and beyond. Chichester: John Wiley and Sons. 1996.

LANGLEY, A. Strategies for theorizing from process data. Academy of Management Review, 24 (4), 691-710. 1999.

OLIVEIRA, R. R. de, ELIAS, P. E. M. Conceitos de regulação em saúde no Brasil. Rev. Saúde Pública, vol.46, n.3, pp.571-576, 2012.

PAIM, R. [et al]. Gestão de Processos: pensar, agir e aprender. Porto Alegre: Bookman, 2009.

SILVA, C. L. Análise do impacto da gestão por processos no desempenho econômico-financeiro: o caso de empresa de seguros e previdência. Dissertação (Mestrado em Sistemas de Gestão) Universidade Federal, Niterói, 2017.

SOUZA JÚNIOR, JOÃO BATISTA DE.A Agência nacional de petróleo, gás natural e biocombustíveis/ANP: contribuição para um desenvolvimento sustentável e regulação da qualidade dos combustíveis no Rio Grande do Norte. Dissertação. Universidade Potiguar – UnP. Mestrado Profissional em Engenharia de Petróleo e Gás Natural, 2013.

SYED, R., B., W., French, E., Stewart, G. Getting it right! Critical Success Factors of BPM in the Public Sector: A Systematic Literature Review. Australasian Journal of Information Systems. 22, 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.3127/ajis.v22i0.1265

STAKE, R. Multiple case study analysis. New York, NY: GuilfordPress. 2005.

VIEIRA NETO, J. Proposta de um modelo de gestão baseado no gerenciamento do ciclo de vida: um estudo de múltiplo caso aplicado no setor de construção civil avaliando indústrias brasileiras no Estado do Rio de Janeiro. Niterói, RJ: [s.n.], 2012. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Universidade Federal Fluminense, 2012.

YIN, R. Case study research: Design and methods. Thousand Oaks, CA: Sage, 2009.




DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v8i4.1304

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. revistageintec@gmail.com