As tendências do amor no contexto da dinâmica moderna em a eternidade e o desejo , de Inês Ppedrosa

Tainá Matos Lima Alves, Alessandra Leila Borges Gomes

Resumo


A proposta deste artigo é analisar, através da investigação bibliográfica, em especial nos estudos literários, as novas tendências do amor no universo feminino na sociedade moderna “líquida” a partir de um recorte feito no romance A eternidade e o desejo (2008), de Inês Pedrosa. Como apoio teórico, foram usados textos das áreas da Literatura, Filosofia, Sociologia e Estudos Culturais, com enfoque na interpretação da autora contemporânea portuguesa Inês Pedrosa, cujo corpus fornece elementos para a análise do discurso amoroso deste recorte. Busca-se, aqui, estabelecer as representações no contexto moderno/contemporâneo, das relações de amor e de amizade, tomando-se como real a ideia do mundo “líquido” ocidental, analisado por Bauman (2001). Assim, pretende-se ampliar tal discussão a fim de compreender e fomentar questões acerca das novas faces e papéis da mulher na sociedade. Dessa forma, os conceitos citados neste artigo compreendem as fases de leitura, fichamento e análise das informações, imagens e cenas que problematizam o tema do amor.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7198/geintec.v3i2.102

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



__________________________________

ISSN: 2237-0722

A REVISTA GEINTEC possui D.O.I e está cadastrada nos sistemas:

Os trabalhos da Revista GEINTEC - Gestão, Inovação e Tecnologias de www.revistageintec.net está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - Aracaju/SE. Universidade Federal de Sergipe. Cidade Universitária Prof. "José Aloísio de Campos" 

Av. Marechal Rondon, s/n Jardim Rosa Elze - Pólo de Pós-Graduação - Sala 8 - CEP 49100-000 - São Cristóvão/SE. revistageintec@gmail.com